economiaempresasportugal

2020 provocou transição abrupta dos serviços para o online

This post is also available in: English (Inglês)

O ano de 2020 foi sobretudo o reflexo da abrupta transição dos pequenos e médios negócios do setor dos serviços para o ‘online’ e da inevitabilidade dos consumidores, ainda que em confinamento, continuarem a encontrar resposta para as suas necessidades, relata a Fixando, que conseguiu um crescimento de 7% nas transações do ano (contra 73% entre 2018 e 2019).

Numa análise global de desempenho de 2020, a maior plataforma digital nacional para encontrar profissionais para todos os serviços, adianta que do lado dos profissionais, o ano incidiu principalmente na transição das áreas da Casa e dos Serviços Domésticos para o online.

“Estes dois subsetores são compostos por, respetivamente 36% e 19% de todos os profissionais inscritos. A categoria de Limpeza foi escolhida por mais de 16% dos novos profissionais inscritos, seguindo-se a de Remodelação e Construção, que abrange mais de 6% das pequenas e médias empresas que se juntaram à Fixando em 2020”, explica Alice Nunes, Diretora de Novos Negócios.

No que diz respeito à procura, a empresa sublinha que o top de serviços sofreu algumas alterações quando comparado com 2019, uma vez que os cinco primeiros lugares eram ocupados por Hotéis para Cães, Certificação Energética de Edifícios, Locais para Eventos, Empresas de Catering e Aluguer de Insufláveis para Festas e em 2020 são ocupados por Certificação Energética, Treino de Cães, Hotel para Cães, Limpeza da Casa e Reparação de Telemóvel ou Tablet.

“Foi evidente uma quebra da procura de serviços relacionados com Eventos, na sua maioria adiados devido à pandemia”, garante a mesma fonte.

Dos serviços que mais cresceram em comparação com o ano anterior, é evidente o impacto da pandemia: a procura de serviços de psicologia cresceu 695%, seguindo-se as Entregas de Refeições, com 404% e os Lares de Idosos, que registaram um crescimento de 365%.

Do lado das quebras, o top 10 de serviços cuja procura mais decresceu em 2020 é composto por serviços relacionados com Eventos (maquilhagem, catering, fotógrafos), todos a registarem perdas superiores a 65%.

Na diferença no valor total estimado de transações, eventos, aulas e outros serviços apresentam quebras comparativamente a 2019 na ordem dos dois milhões de euros, enquanto que nos serviços da casa, a Fixando estima que as transações tenham ultrapassado os €8M em 2020, o que se traduz em mais €1,4M face a 2019.

Para 2021, a Fixando antecipa que os primeiros três meses do ano serão um momento onde, por um lado, vários profissionais procuram novos desafios e por outro, onde os consumidores definem as suas necessidades para o novo ano, existindo, por isso, um crescimento relevante de transações nas áreas dos serviços.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!