turismo

A Grande Rota 22 – Aldeias Históricas de Portugal ganha dimensão ibérica!

Nasceu a GR22 – Aldeias Históricas! Herdeira da GR22 – Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal, é uma rota transfronteiriça com quase 900 km de extensão, 680 km dos quais percorridos na Beira Interior de Portugal e cerca de 200 km na região de Cáceres.

Ou seja, uma rota ainda mais emocionante para os aventureiros e apaixonados por História. A marca permanece nas Aldeias Históricas de Portugal, que já avançou com os registos da mesma em Espanha.

A Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico (AHP – ADT) anunciou, no recente encontro da ERA (Associação Europeia de Caminhada), que promoveu no território, uma novidade para os amantes de caminhadas e de turismo de natureza: a GR22 passa a ter dimensão ibérica!

A GR22 contava com cerca 600 km de extensão, distribuídos por 20 municípios, num percurso circular que unia as 12 Aldeias Históricas de Portugal, caminhos históricos e natureza em estado puro. Agora, a aventura envolve também o país vizinho: juntam-se a esta rota 13 municípios da Deputação de Cáceres, acrescentando mais de 200 km de território espanhol e inúmeras povoações históricas, que vão surpreender os aventureiros e cerca de 80 km na ligação de Portugal à fronteira. A GR22 totaliza agora aproximadamente 900 km de percurso.

Agora, quem percorrer a GR22 vai passar não só pelas Aldeias Históricas de Portugal, âncoras deste percurso, como também lugares históricos em Espanha, tornando a experiência numa verdadeira vivência ibérica. São, no total, 111 localidades em Portugal e 36 em Espanha.

Além de se tornar uma aventura transfronteiriça, a GR22 ganha também em condições para os aventureiros, pois passa a dispor de um leque mais alargado de oferta e enriquecido pela sua diversidade.

A ampliação da GR22 para Espanha foi realizada ao abrigo do projeto POCTEP – Cooperação Transfronteiriça, graças ao qual foi possível a internacionalização de uma marca portuguesa para Espanha no domínio da mobilidade suave, nas modalidades de caminhada (walking) e bicicleta (cycling) da GR22. Tornando-se um projeto transfronteiriço, foi necessário adequar também o nome da marca: em vez de “GR22 – Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal”, passa a “GR22 – Aldeias Históricas”.

Sendo a GR22 – Aldeias Históricas um dos grandes ativos da AHP – ADT, foi assinado um protocolo com a Deputação de Cáceres que passa a legitimar este organismo no usufruto de uma marca das Aldeias Históricas de Portugal. A AHP – ADT também já avançou com os registos da marca em Espanha.

Por outro lado, o sistema de monitorização já existente na GR22 – Aldeias Históricas também foi melhorado, passando a estar mais alinhado com o racional estratégico da Rede dedicado à sustentabilidade, nomeadamente por via da introdução de painéis fotovoltaicos para alimentar os contadores que viabilizam a contagem do número de passagens de aventureiros a pé ou de bicicleta.

De recordar que a GR22 é a maior rota europeia para caminhadas com selo Leading Quality Trails – Best of Europe (LQT): a certificação foi entregue pela primeira vez às Aldeias Históricas de Portugal pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhada) em 2019 e agora, no encontro que se realizou no início do mês, o selo foi renovado até 2025.

A European Ramblers Association é uma associação que certifica os melhores destinos de caminhada na Europa, segundo critérios como a sustentabilidade, o nível de experiência proporcionado ao utilizador, a qualidade do seu traçado, e a sua riqueza cultural e natural. Trata-se, assim, de um projeto que está em linha com o compromisso de sustentabilidade e locomoção suave das Aldeias Históricas de Portugal.

Sobre a Aldeias Históricas de Portugal

Entre montes e vales da verdejante paisagem do interior de Portugal, repletas de lendas e castelos, sabores e tradições, encontram-se 12 singelas aldeias onde apetece perdermo-nos. Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso: as Aldeias Históricas de Portugal, um destino que são 12, surgem como paraísos escondidos que nos levam numa viagem ao tempo de reis e rainhas, de épicas e infinitas batalhas que escreveram a História como a conhecemos hoje. São, ainda, a garantia de momentos inesquecíveis de lazer, aventura e descoberta, temperados com os inigualáveis aromas e sabores da região, que compõem a sua típica gastronomia.

No território das Aldeias Históricas de Portugal há um sem fim de trilhos para caminhadas e percursos de bicicleta e BTT – como a Grande Rota 22, a maior rota de Walking & Cycling na Europa e em Portugal, com cerca de 600 km. A Grande Rota 22 tem o selo Leading Quality Trails – Best of Europe, entregue pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhada).

As Aldeias Históricas de Portugal são o primeiro destino em rede – à escala mundial – e o primeiro destino nacional a receber a certificação BIOSPHERE DESTINATION. E, em 2020, foram o primeiro destino a nível nacional a criar o “Manifesto do Turista Responsável”, lembrando aos seus visitantes a importância do respeito pela natureza.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!