banner-spotlightculturaliteraturaportugal

Apresentação do “Amália – Ditadura e Revolução (A história secreta)” de Miguel Carvalho no São Luiz Teatro Municipal

This post is also available in: English (Inglês)

No passado sábado, foi apresentado o livro “Amália – Ditadura e Revolução (A história secreta)” de Miguel Carvalho no São Luiz Teatro Municipal, com a participação de Sara Pereira, diretora do Museu do Fado, que acompanhou e apoiou o projeto da de início, Nuno Pacheco, jornalista do Público, com quem Miguel aprendeu muito, e Frederico Santiago, investigador musical, responsável por todo o acervo de Amália Rodrigues, e também grande cúmplice de Miguel ao longo do projeto.

Amália – Ditadura e Revolução (A história secreta)” é uma investigação jornalística rigorosa e objectiva que atravessa dois regimes, vários continentes e reúne cerca de uma centena de entrevistas e testemunhos exclusivos, gravações inéditas da fadista Amália Rodrigues e personalidades que com ela viveu, milhares de páginas de documentos nunca revelados, além de cartas e fotos desconhecidas da cantora.

Chamada de “cantora do regime” pelo povo, Amália foi uma das primeiras vítimas de “fake news”, foi acusada de cumprir a ditadura e colaborar com a polícia política (PIDE), foi perseguida e condenada ao ostracismo a partir de 25 de abril de 1974, reconquistando então a unanimidade como voz de Portugal no mundo.

Este livro conta a história secreta da vida de Amália Rodrigues. Contando várias perspetivas de uma mesma história de forma objetiva, Miguel Carvalho descreve Amália como um espírito livre, autêntico e fiel a si mesma e à sua vocação. Podemos ver também o diálogo permanente da oposição ao regime em sua vida, muitas vezes cantando poemas escritos por opositores do regime, ajudando presos políticos e doando dinheiro a partidos adversários.

“Se entendermos este livro, entenderemos Portugal” – Nuno Pacheco

O jornalista e escritor Miguel Carvalho tem mais de 30 anos de carreira e tem este projeto em mente desde a morte de Amália. Ao longo dos anos manteve registos e documentos e, com a ajuda da Bolsa Gulbenkian de Investigação, deu início ao projecto. Miguel aprendeu e escreveu sobre a vida que Amália teve fora de palco, as percepções que sofreu, as pessoas que ajudou devido ao regime, tudo isto cantando versos de autores proibidos, encarnando a voz de todos.

Amália – Ditadura e Revolução (A história secreta)” é um excelente e rigoroso trabalho jornalístico e uma bela homenagem a Amália Rodrigues, neste ano que marca o centenário da artista.

 

Amália – Ditadura e Revolução (A história secreta)” by Miguel Carvalho

 

Acompanha as nossas redes sociais: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!