a concerto selectbanner-spotlightconcertos/músicacultura

Anna Joyce esgota Coliseu dos Recreios

Na passada sexta-feira, Anna Joyce esgotou o Coliseu dos Recreios, naquela que foi a sua primeira grande atuação a solo, em Lisboa. E não podia ter corrido melhor!

O espetáculo começou com a participação surpresa do humorista Gilmário Vemba que, com o seu bom humor e talento para a música – ao reinterpretar as músicas de Anna Joyce do seu próprio jeito – aqueceu o público para o que ainda estava por vir.

Anna Joyce – Coliseu dos Recreios ©Luís M. Serrão – ineews < 2022.02.04

As gargalhadas deram lugar à euforia assim que se anunciou o nome da grande anfitriã da noite.

 

Este foi um concerto épico que começou com temas do mais recente trabalho discográfico da artista – “Anna“, seguido de “Mandem Mais Boca” e “Pintada de Ouro”- que o público já conhece na perfeição e que entoou letra a letra.

Acompanhada de coreografias e uma alternância entre a sua voz e o público, fomos ouvindo “Já Não Combina”, “Isso é de Leve”, “O Final”, “Se Olhasses” e “Leva-me” que anteciparam o primeiro convidado musical da noite, Rui Orlando, que recordou os sucessos “Te Amo Tanto” e “Me Leva Contigo”.
Entre este momento e a atuação de Pérola (que presenteou todos com “Fica Parado” e “Sincera”), Anna Joyce entregou-se de corpo e alma à interpretação das músicas “Eu Amo” e “Te Amar”, ponto alto da noite onde muitos não conteram as emoções.

Anna Joyce – Coliseu dos Recreios ©Luís M. Serrão – ineews < 2022.02.04

Num formato mais intimista e acústico, sentada numa cadeira alta no meio do palco, Anna Joyce deu início à terceira parte do concerto. Aqui, quem ainda não tinha chorado, provavelmente não conseguiu resistir ao ouvir a interpretação de “Meu”. Depois, ouviu-se “Curtição” e “Destino”.

Em “Só Sei Ler” já se sentia a vontade do público de se levantar das cadeiras e deixar o corpo seguir a cadência da música, mas foi quando Ary pegou no microfone e se começou a ouvir os primeiros acordes de “Salé” que as pessoas acabaram por ceder.

Já numa fase final deste espetáculo épico, Anna Joyce sobe a palco acompanhada de uma guitarra para interpretar “Já Não Cabe”, “Também Quero” e “Puro”.

Mas, foi com o grande hit “Eu Esperei” – que já conta com mais de três milhões de visualizações no YouTube – que a artista terminou o espetáculo e, aí sim, o público entrou em êxtase.

Anna Joyce, no Coliseu dos Recreios, foi um concerto memorável onde poucos foram os que conseguiram segurar as lágrimas, incluindo a cantora que se despediu do público verdadeiramente emocionada.

 

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!