concertos/músicacultura

Batom: Festival no feminino anuncia novidades no Dia Internacional da Mulher

Festival Feminino estreia em Coimbra
24, 25 e 26 de março
Casa das Artes Bissaya Barreto, Casa do Cinema de Coimbra e Salão Brazil

O Batom é um festival que reúne mulheres inspiradoras de áreas como a música e o cinema, a comunicação e o empreendedorismo social, a investigação e o jornalismo, o teatro, a produção de conteúdos digitais e o ativismo feminista.

Neste Dia Internacional da Mulher, a organização decidiu partilhar várias novidades que se juntam a um programa multifacetado e diverso que irá acontecer nos próximos dias 24, 25 e 26 de março, em Coimbra.

FEMINA, o projeto de podcast da jornalista Vanessa Augusto que se propõe a escutar e a celebrar o papel e as conquistas das mulheres da nossa cultura, vai marcar presença no Batom. Nos dias 24 e 25 de março a podcaster dinamizará duas conversas com mulheres artistas emergentes da cidade de Coimbra, no registo íntimo e empoderado que lhe é tão característico.

A Casa das Artes Bissaya Barreto acolhe o arranque do festival, no dia 24 de março às 18h, com a inauguração e visualização do making of da obra de street art da artista Aheneah. Pelas 19h, a jornalista Rita Marrafa de Carvalho irá moderar a “Conversa entre Mulheres“, um espaço de debate com mulheres inspiradoras de Coimbra, representantes de várias áreas da sociedade. Entre elas: Adriana Bebiano, professora universitária que encara o ensino como ativismo, sendo investigadora do Centro de Estudos Sociais e co-fundadora e co-coordenadora dos programas de Mestrado e de Doutoramento em Estudos Feministas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; Rita Januário, COO da BUILDTOO e co-fundadora da Cityoo, empresas inovadoras e com um impacto empreendedor na região de Coimbra; e Isabel Rosado, co-fundadora e presidente da Associação Palhaços D’Opital, uma das 100 mulheres mais influentes da Europa na área social pela Euclid Network.

No dia 25 de março, no mesmo espaço, a DJ Claudia Duarte, que já andou de programa em programa na Rádio Universidade de Coimbra, volta a casa às 18h para partilhar as músicas que não lhe saem da cabeça.
Segue-se a peça “Memórias de uma Falsificadora” da atriz e encenadora Catarina Requeijo (21H30), onde esta interpreta a talentosa artista plástica Margarida Tengarrinha, que viveu na clandestinidade entre 1954 e 1974, dando voz à perspetiva das mulheres sobre a vida na clandestinidade.

No dia 26 de março, a programação Batom na Casa das Artes Bissaya Barreto, arranca às 11h com um Workshop de Escrita de Canções com a cantora e compositora Joana Espadinha, autora de um dos grandes álbuns da música portuguesa de 2021, terminando com um episódio especial do programa “Fala com Ela” de Inês Meneses, às 18h.

Nos dias 25 e 26 de março, a Casa do Cinema de Coimbra conta com uma programação com curadoria do Women’s Film FestivalOlhares do Mediterrâneo”, incluindo alguns dos filmes que têm sido destacados nas últimas das edições do Festival que se estreou em 2014. Entre a programação selecionada será possível assistir a filmes de realizadoras portuguesas, turcas, gregas, inglesas, espanholas e italianas, atravessando as temáticas do trabalho, imigração, precariedade, sexismo, mas também de luta, resistência, emancipação e esperança. A programação é a seguinte:

25 março às 16h
Sessão #1 (98 min)
Cellfie, 3 min (PT) — Competição Começar a Olhar 2020
Flor de Estufa, 15 min (PT) — Competição Começar a Olhar/Secção Especial Travessias 2021
Back Mamba, 20 min (TU) — Melhor Filme Competição Geral Curtas 2019
37 days, 23 min (GR) — Competição Geral Curtas 2019
Tuk-Tuk, 26 min (EG), Secção Especial Travessias 2021

26 março às 16h
Sessão #2 (88 min)
Ferrotipos, 14 min (ES), Melhor filme ex-aequo Competição Geral Curtas 2021
I am the Revolution, 74 min (IT) — Competição Geral Longas Metragens 2020

Já no Salão Brazil no dia 24 de março será possível assistir ao espetáculo de stand up “Quem Acredita Vai” de Beatriz Gosta, um espetáculo sobre o feminismo, a irreverência e o sentido de humor para falar sem tabus de assuntos de mulheres que dizem respeito a todos e, no dia 25 de Março, ao concerto de Rita Vian, um espetáculo amplo entre a eletrónica e a tradição.Há um Batom para as mulheres que usam calças lá em casa e para as fãs da minissaia.

As que fazem croché e as que não dão ponto sem nó. As que não sabem estrelar um ovo e as que fazem todos os dias omeletas sem ovos.

Há um Batom que vai bem com as que só usam sapatilhas e as que nunca descem dos saltos. As que são mais de nudes e as que são mais de tons pastel. As que têm jogo de cintura e as que põem a mão na anca.

Há um Batom perfeito para as que nasceram para ser mãe, as filhas-da-mãe e as que ficam para tia. As donas-de-casa, as donas-disto-tudo e as donas do seu nariz.

Há um Batom para todos.
Há um Batom para ti também.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!