portugal

Município de Bragança reforça a rede Wifi pública

This post is also available in: English (Inglês)

No âmbito da estratégia de inteligência urbana, de capacitação para a transformação digital e de promoção da atratividade do território, o Município de Bragança passou a disponibilizar, gratuitamente, a todos os cidadãos, residentes, visitantes e turistas, acesso à internet em mais seis locais da cidade, através de uma rede Wifi.

Este projeto, com um custo global de 23.967,68 euros, financiado em 15 mil euros pelo programa da Comissão Europeia WIFI4EU, enquadra-se na estratégia do Município em implementar um modelo de conetividade e de serviços no espaço urbano de Bragança, que permita uma ligação permanente com a comunidade local e os visitantes/turistas e que facilite o acesso aos serviços públicos seguindo a tendência das cidades inteligentes, usando a tecnologia ao serviço das pessoas.

Assim, o projeto disponibiliza uma rede Wifi constituída por mais 14 pontos de acesso (APs), a juntar aos já 26 existentes, distribuídos por locais considerados relevantes em termos de afluência turística e de população em geral.

Nesta data, as 12 zonas com rede wifi gratuita (que integram os 40 Aps) são
as seguintes:

  • Centro de Arte Contemporânea Graça Morais;
  • Bibliotecas Municipais;
  • Museu Ibérico da Máscara e do Traje; Estação Rodoviária;
  • Mercado Municipal;
  • Aeródromo Municipal;
  • Cidadela (Praça do Castelo e rua D. Fernão “O Bravo”);
  • Praça Camões; Praça da Sé; Jardim da Braguinha;
  • Balcão Único de Atendimento; Piscinas Municipais.

Para usufruir do serviço, é necessário proceder ao registo num dos locais identificados. Sempre que quer fazer login na rede o utilizador introduz as suas credenciais no portal de autenticação.

Através deste serviço passa a ser possível navegar na internet, nos locais identificados, de forma gratuita, 24 horas por dia, sete dias por semana e sem tempo limite de utilização. Este serviço pretende trazer maior dinâmica e utilização dos equipamentos e espaços públicos por parte da população e, ainda, uma maior dinamização do Centro Histórico.

 

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!