a concerto selectbanner-spotlightconcertos/músicacultura

C. Tangana e Foals, as estrelas do Super Bock Super Rock’22

Com atuações de Cosmo's Midnight, Nathy Peluso, Samuel Úria, Capicua, Daft Punk, Metronomy, Leon Bridges, ASAP Rocky, Mayra Andrade, Capitão Fausto, entre outros

Mesmo com mudanças drásticas à última da hora, a 26ª edição do Super Bock Super Rock foi um sucesso

2022 marcava o tão ansiado regresso do festival de verão Super Bock Super Rock à Herdade do Cabeço da Flauta, junto à Praia do Meco, em Sesimbra, nos dias 14, 15 e 16 de julho com direito a Warm-up a 13 de  julho. Infelizmente, devido às altas temperaturas e elevado risco de incêndios no recinto habitual, a organização, pelo bem e segurança de todos, alterou a localização do festival para o Altice Arena no Parque das Nações, em Lisboa, mantendo as mesmas datas, mas sem o Warm-up de dia 13 de julho.

O festival contou com 4 palcos: o Palco Super Bock, situado na arena, Palco EDP e Palco Somersby, ambos na Sala Tejo, e o Palco LG by Rádio SBSR.FM, situado no exterior.

No primeiro dia os cabeça de cartaz foram ASAP Rocky, Flume, T-REX, Metronomy e Leon Bridges, que atuaram no Palco Super Bock.

A Sala tejo abriu às 17h35 onde atuaram Working Men’s Club, Los Bitchos, Hinos e Sports Team, no Palco EDP, e David e Miguel e Digitalism DJ Set, no Palco Somersby. Já no exterior atuaram Luís Fernandes, Conjunto Cuca Monga, Fred e Jungle DJ Set.

 

O segundo dia do festival recebeu um dos melhores concertos do festival, de C. Tangana, onde experienciámos um ambiente energético e musica excelente ao qual o público ficou completamente rendido e a querer mais. Também no palco principal, atuaram Cosmo’s Midnight, Nathy Peluso e Hot Chip.

O Palco EDP abriu às 17H com Baba Ali e de seguida Samuel Úria, Silva e Goldlink, pelo Palco LG by Radio SBSR passaram Ecto Pluma, Pedro de Tróia, Classe Cruna, Benji Price e Rui Vargas, e o Palco Somersby recebeu a Capicua, Daft Punk live e Dofi Tukker DJ Set.

(Dababy fez também uma atuação que foi para nós a pior do festival, depois de quase 50 minutos de espera e outros 45 minutos de música medíocre).

 

Dia 16 de julho, o último, foi para muitos o melhor dia do festival com a atuação surpreendente dos Foals no palco principal, onde também passaram Local Natives, Mayra Andrade, Capitão Fausto com o maestro Martim Sousa Tavares e encerrou com o concerto de Jamie XX, que começou às 00H45.

O Palco EDP recebeu os Ganso, Declan Mckenna, Son Lux e Woodkid, e o Palco Somersby recebeu Lhast, Foals DJ Set e Claptone, ambos na Sala Tejo. No palco exterior LG by Radio SBSR atuaram Metamito, Golden Slumbers, Lura e Filipe Karlsson.

Mesmo com as mudanças drásticas, mas necessárias, à última da hora, o festival foi um sucesso, com muita música boa, que reuniu o esforço, dedicação e resiliência das centenas de pessoas envolvidas e que irá sem dúvida ficar para na memória de todos aqueles que por lá passaram.

 

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!