a news selecçãolusofoniaportugalRestaurantes

Chef Vasco Coelho Santos está em Moçambique numa expedição em busca do verdadeiro sabor da solidariedade

No âmbito do projeto Cook4Moz

This post is also available in: English (Inglês)

O Chef Vasco Coelho Santos está em Moçambique até ao dia 13 de maio com a Health4Moz (Health 4 Mozambican Children and Families). O reconhecido Chef foi numa expedição em busca do verdadeiro sabor da solidariedade. Durante estes dias vai estar no terreno a conhecer melhor os produtos e a gastronomia, a contactar com chefs locais e visitar os mercados.

Esta viagem do Chef Vasco Coelho Santos realiza-se no âmbito do projeto solidário Cook4Moz, uma iniciativa que tem o objetivo angariar fundos para que a Health4Moz possa continuar no terreno a ajudar o povo Moçambicano.

Nos próximos dias 11,12 e 13 de maio, o Chef irá conhecer a gastronomia da Maputo visitando mercados, alguns cozinheiros e pratos típicos.

NO SEU REGRESSO IRÁ PREPARAR UM JANTAR SOLIDÁRIO

Aproveitando a estada em Moçambique e todo o conhecimento adquirido, o Chef Vasco Coelho Santos vai organizado um Jantar Solidário no Hotel Montebello Indy (Casino de Espinho), no próximo dia 23 de junho, no qual fará uma reinterpretação da cozinha moçambicana Este evento contará com a presença de uma das referências gastronómica em Moçambique, o Chef Carlos Graça. As verbas angariadas revertem para a Health4Moz.

Sobre a Health4MOZ:
A Health 4 Mozambican Children and Families (Health4MOZ) é uma associação sem fins lucrativos.

Tem como objetivo ensinar, transmitir conhecimento de excelência a alunos e profissionais de Moçambique, pois acredita que a transmissão do conhecimento e a capacitação são as grandes mais-valias que fazem melhorar as sociedades e mover o mundo. O trabalho da Health4MOZ é totalmente voluntário, pro bono, num espírito de verdadeira solidariedade científica. A sua atividade é creditada por protocolos firmados em Portugal com a academia (faculdades), com os maiores hospitais do país e com a Ordem dos Médicos. Tem ainda o apoio, em função das áreas de formação, das Sociedades Científicas Portuguesas e o reconhecimento e apoio da Direcção-Geral da Saúde, da Secretaria de Estado da Cooperação, da Embaixada de Portugal em Maputo e da Presidência da República.

Em todo o país, ensinou mais de 2 500 alunos de medicina, dentária e enfermagem; capacitou mais de 10 000 médicos, enfermeiros, dentistas; apoiou mais de 3 dezenas de estágios de profissionais moçambicanos em instituições portuguesas e outros tantos de profissionais portugueses em Moçambique; apoiou projectos de investigação e congressos nacionais em Moçambique, na área da saúde. Reconstruiu o Hospital Central da Beira, gravemente danificado pelo ciclone Idai em Março de 2019.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!