culturaeventosmúsica

Cristina Clara entre a nostalgia e o humor

Centro Cultural de Belém

CRISTINA CLARA
24 Março . 21h . Pequeno Auditório

Cristina Clara estreia-se no ciclo Há Fado no Cais para apresentar o seu primeiro disco: Lua Adversa.

Nasceu no Minho, em Vila Nova de Famalicão, e durante anos dividiu-se entre a música e a enfermagem. Cresceu entre as canções tradicionais que a mãe lhe cantava e cedo se revelou amante de poesia e das artes performativas. Integrou o Grupo de Teatro de Letras de Lisboa e, em 2008, aceita o convite para interpretar uma jovem cantadeira na peça O Canto da Rosa. É nessa altura que Marco Rodrigues a desafia para cantar no Café Luso, no Bairro Alto.

Em 2021, nasce o seu primeiro disco de estúdio, Lua Adversa, nome certeiro para um disco feito de estórias tornadas fados e chorinhos. Um trabalho que conta com temas revisitados e composições originais que reflectem o seu olhar contemporâneo sobre a tradição, juntando músicos com raízes no jazz e na música popular portuguesa e brasileira.

O repertório de Cristina Clara move-se entre a nostalgia e o humor presente na poesia do fado e também da canção popular brasileira. Reúnem-se neste disco guitarra portuguesa, guitarra clássica, bandolim e cavaquinho brasileiros, baixo acústico e baixo eléctrico, flauta transversal, piano e as percussões tradicional portuguesa e brasileira como paisagem sonora em alguns temas. Uma multiplicidade que representa as fases da lua e também as várias facetas da identidade artística de Cristina Clara.

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!