concertos/músicacultura

Dream People apresentam novo álbum dia 6 de Julho no Teatro Maria Matos

Os Dream People sobem ao palco do Teatro Maria Matos, em Lisboa, no próximo dia 6 de Julho para apresentar o seu mais recente trabalho ‘Almost Young’. Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais.

Editado no passado mês de Março, Almost Young, o novo álbum do quinteto indie lisboeta Dream People, tem conquistado o público e a crítica em Portugal e além-fronteiras. Será agora apresentado ao vivo, dia 6 de Julho, às 21h00, no Teatro Maria Matos em Lisboa.

“People Think”, o hipnotizante tema de avanço do novo trabalho dos Dream People, confirmou estarmos diante de uma banda promissora com um apurado sentido estético. O single teve direito a estreia na RTP1 e MTV, e rapidamente foi incluído na playlist das mais destacadas rádios alternativas nacionais.

Apesar da sua ainda curta carreira, os Dream People têm somado passos sólidos, a forte velocidade. A banda formou-se em 2019 e rapidamente conquistou atenção de importantes festivais, tendo actuado nesse mesmo ano no Vodafone Paredes de Coura e no Super Bock em Stock, em Lisboa. A estreia discográfica dá-se no início de 2020 com o EP Soft Violence, considerado um dos melhores discos portugueses do ano pelo prestigiado blog alternativo espanhol Mindies.

A atenção além-fronteiras mantém-se em 2021. Em Março, os Dream People representaram Portugal na ILMC – International Live Music Conference, um dos maiores encontros da indústria musical no mundo, ao lado de nomes como Lina_Raül Refree e Surma. Já neste mês de Maio, foram selecionados para um showcase numa das mais importantes conferências de música norte-americanas, a Canadian Music Week.

Dia 6 de Julho será a vez de apresentar Almost Youngo primeiro longa-duração, ao vivo. O álbum, cujo nome resulta da canção “So Long Marianne” de Leonard Cohen, caracteriza-se pelas suas canções densas e melancólicas que vivem algures entre o sonho e realidade. O destaque vai para a contraditória “People Think”, carta de apresentação para o mote do álbum: o esquecimento e a perda da juventude.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!