culturaexposições

Exposição em Vila Franca de Xira revisita obra do escultor Jorge Vieira

Abre ao público no Museu do Neo-Realismo no dia 11 de setembro a exposição “Jorge Vieira: Monumento ao Prisoneiro Político Desconhecido”. Com comissariado de Leonor de Oliveira e cocomissariado de Paula Loura Batista, a mostra, que ficará patente até 27 de fevereiro de 2022, cumpre a prerrogativa daquele Museu, único no panorama nacional, de contribuir para a salvaguarda e divulgação do movimento neorrealista, sendo o culminar de um trabalho de investigação de quase três anos.

Dedicada ao escultor Jorge Vieira (1922 – 1998), artista determinante para a fundação da escultura contemporânea portuguesa, reconhecido também pelo seu empenho na luta anti fascista durante o Estado Novo, a exposição tem como ponto de partida a sua emblemática obra “Monumento ao Preso Político Desconhecido”, peça escultórica concebida pelo autor aquando da sua participação no Concurso Internacional de Escultura: O Prisioneiro Político Desconhecido, organizado pelo Instituto de Arte Contemporânea de Londres, entre 1952 e 1953, evento que reuniu figuras destacadas do panorama museológico e artístico internacional, e que foi a primeira grande competição artística no pós Segunda Guerra Mundial.

A exposição integra obras de arte, imagens e documentação, algumas, espólio do Museu do Neo–Realismo, mostradas ao público pela primeira vez, outras, cedidas a título de empréstimo, por instituições e particulares.

A entrada no Museu do Neo-Realismo é gratuita, obedecendo às normas em vigor por parte de Direção-Geral da Saúde.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!