banner-spotlightDesportosurf

Halley Batista e Teresa Bonvalot vencem o Allianz Ericeira Pro

Liga MEO Surf

  • Halley voa para a liderança do ranking masculino;
  • Teresa reforça liderança no ranking feminino;
  • Frederico Morais e Kika Veselko finalistas vencidos;

Halley Batista e Teresa Bonvalot conquistaram, este domingo, o triunfo no Allianz Ericeira Pro, a terceira de cinco etapas da Liga MEO Surf 2022, a primeira divisão do surf nacional.

Halley e Teresa dominaram a ação no dia final em Ribeira d’Ilhas, sendo coroados perante uma boa moldura humana e uma tarde de muito sol e ondas num dos mais carismáticos anfiteatros naturais do surf nacional. Um desfecho que foi determinante para as contas dos rankings. Se no lado masculino Halley subiu à liderança do ranking, do lado feminino Teresa Bonvalot isolou-se ainda mais das adversárias.

A ação no terceiro e último dia de prova iniciou ainda antes das 8 horas, com as famosas direitas de Ribeira d’Ilhas a voltarem a proporcionar bom surf nas disputas matinais. Tudo começou com a ronda 3 feminina, onde Carolina Mendes saiu vencedora do heat 1, com Teresa Bonvalot a garantir a segunda posição. Na outra bateria da ronda, Carina Duarte usou o conhecimento local para carimbar a passagem às meias-finais com um triunfo, com a campeã nacional Kika Veselko a secundá-la.

De seguida entraram na água os quartos-de-final masculinos, com Frederico Morais a começar o dia em grande forma, ao vencer de forma expressiva Tomás Fernandes. No heat 2 foi Francisco Mittermayer a continuar a surpreendente performance nesta etapa e, mesmo estando em estreia na fase man-on-man, a vencer Joaquim Chaves. A juventude não deixou de dar cartas neste dia final e no heat 3 João Mendonça venceu o duelo com João Moreira, marcando encontro nas meias-finais com Halley Batista, que venceu Luca Guichard no último heat da ronda.

©Jorge Matreno/ANSurfista

Nas meias-finais femininas a ação iniciou-se com um duelo muito equilibrado entre Kika Veselko e Carolina Mendes, com a campeã nacional e número dois do ranking a levar a melhor frente à campeã deste evento nos dois últimos anos. Na outra semifinal estiveram frente a frente as duas campeãs nacionais mais novas da história, com Teresa Bonvalot a bater Carina Duarte e a reeditar a primeira final da Liga MEO Surf 2022 frente a Kika Veselko.

Depois disso, a maré obrigou a prova a parar, retomando já a meio da tarde. No primeiro embate das meias-finais masculinas Frederico Morais mostrou superioridade frente a Francisco Mittermayer, conseguindo igualar a melhor onda do campeonato, que já era sua, com 9 pontos, e vencendo com 16 pontos contra 12,35 do jovem surfista de 17 anos. Na segunda meia-final a lógica manteve-se no duelo entre “aluno” e treinador, com a experiência de Halley Batista a levar a melhor frente à juventude de João Mendonça, com 16,50 pontos contra 9,25.

Na final feminina foi Teresa Bonvalot a começar mais forte na primeira troca de ondas e a conseguir distanciar-se logo nos primeiros minutos do heat. Depois, Teresa teve apenas de gerir e com um score de 15,85 contra 10,25 de Kika Veselko vingou a derrota da Figueira da Foz. Um desfecho que ofereceu a segunda vitória do ano e uma liderança do ranking ainda mais consolidada para Teresa. Aos 22 anos, a surfista de Cascais conquistou a 23.ª vitória da carreira na Liga MEO Surf.

Sabe sempre bem sair vitoriosa”, começou por dizer Teresa Bonvalot. “Foi um heat com ritmo lento, mas acabei por fazer o necessário para vencer. Tentei perceber quais as melhores ondas e apanhá-las e foi essa a estratégia. Esta é uma onda que respeito muito, até por causa do susto que apanhei aqui no ano passado, por isso é bom sair vencedora”, frisou Teresa, que festejou na Ericeira pela terceira vez, depois dos triunfos de 2019 e 2015.

Já na final masculina houve um grande equilíbrio, com as decisões a ficarem guardadas para a última troca de ondas. Frederico chegou ao último minuto da bateria na frente, mas com a prioridade a ser de Halley, que precisava de 6,66 pontos para virar o resultado. Foi já na areia que os surfistas souberam dos resultados, com Halley Batista a fazer a festa, depois de ter sido premiado com 7,30 pontos, que lhe rendeu um score de 14,40 contra 13,75 de Kikas. Um triunfo que fez com que Halley ganhasse a licra amarela Go Chill da liderança do ranking masculino.

©Jorge Matreno/ANSurfista

É um triunfo incrível, que nem parece realidade”, afirmou o novo líder do ranking masculino. “O Kikas é a grande referência do surf nacional e só de fazer a final contra ele já estava feliz. Tentei dar o melhor e na última onda consegui virar o resultado. Nem sei se devo rir ou chorar, mas estou muito feliz por esta vitória”, vincou o surfista residente no Algarve, que alcançou na Ericeira a segunda vitória da carreira n Liga MEO Surf.

Resultados finais do Allianz Ericeira Pro:
Final masculina: Halley Batistas 14,40 x Frederico Morais 13,75
Final feminina: Teresa Bonvalot 15,85 x Kika Veselko, 10,25
Go Chill Expression Session feminina: Érica Máximo
Go Chill Expression Session masculina: Halley Batista
Joaquim Chaves Saúde Best Wave: Frederico Morais, 9 pontos nas meias-finais
Bom Petisco Girls Score: Teresa Bonvalot, 15,85 na final
Ericeira Best Surfer: Joaquim Chaves e Carina Duarte

A próxima etapa da Liga MEO Surf 2022 acontece já dentro de duas semanas, com a ilha de São Miguel, nos Açores, a receber os melhores surfistas nacionais no Allianz Ribeira Grande Pro de 24 a 26 de Junho. Além de ser uma etapa importantíssima para as contas do título nacional, a prova açoriana vai também ser a última da Allianz Triple Crown, com Teresa e Kika na na liderança das contas femininas e João Moreira na liderança masculina.

A nível televisivo, o Allianz Ericeira Pro poderá ser acompanhado em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, app do MEO – disponível na posição 810 da grelha de canais MEO, e em www.ansurfistas.com e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2022 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Allianz Seguros, Joaquim Chaves Saúde, Bom Petisco, Go Chill, Somersby, Corona e Rip Curl, o parceiro de sustentabilidade Jerónimo Martins, o apoio local da Câmara Municipal de Mafra, e o apoio técnico do Ericeira Surf Clube e da Federação Portuguesa de Surf.

+ info www.ansurfistas.com

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!