eventos

Ian estreia o seu novo álbum “I am” Ao vivo no dia da mulher

Novo Ático - Coliseu Porto Ageas

A programação do Novo Ático para o mês de março reúne uma viagem por inúmeras sonoridades, da música instrumental ao pop eletrónico, passando por várias ramificações da música lusófona, abrindo também as suas portas a novos artistas e projetos do Norte do país que encontram neste espaço o local ideal para se reunirem com o seu público.

O Dia da Mulher, 8 de março, é comemorado com um espetáculo de IAN, nome artístico que a violinista Ianina Khmelik assumiu em 2018 com o lançamento de um projeto pop eletrónico.

O seu projeto musical junta a música eletrónica, ao trip hop, ao hip hop e ao pop, apesar de ter uma grande presença de instrumentos da música clássica como o piano acústico e o violino, fruto da sua experiência e influências deste género musical.

Neste espetáculo, apresenta ao vivo o seu novo disco “I AM”, o segundo LP de originais que se seguiu a “RaiVera”. Trata-se de um disco que começou a ser criado durante a pandemia e foi editado num momento de guerra logo espelha várias emoções que a artista canalizou para a sua música.

Dia 19 de março é a vez dos Cordel, projeto que une os cantautores Edu Mundo, poeta e natural contador de histórias, e João Pires, compositor, guitarrista e geógrafo de uma cartografia musical própria.

Um mergulho profundo nas raízes da música portuguesa e nas suas ramificações lusófonas. Sem rótulos nem embalagens, em Cordel entrançam-se melodias tradicionais como a chula, o vira, o fado canção e até, a marcha popular com os ritmos das latitudes africanas e brasileiras. Nas letras, recuperam a poesia popular da literatura de cordel.

Luca Argel > Festival Nossa Lisboa – Altice Arena 2021.09.10 ©Luís M. Serrão – iNeews

E dia 26 de março, para encerrar o primeiro trimestre, Luca Argel apresenta o seu novo disco, “Sabina”, acabado de lançar a 22 de fevereiro.

Uma viagem pelo tempo, seguindo o rasto de uma personagem misteriosa. No novo espetáculo, o músico combina sonoridades afro-brasileiras eletrificadas, que piscam olhos ao rock, ao funk e, é claro, ao samba, que Luca Argel e sua banda já tinham virado pelo avesso no álbum e espetáculo “Samba de Guerrilha”.

Procurando recuperar as matinés de domingo na vida cultural do Porto, a programação do NOVO ÁTICO aposta na diversidade, incluindo muita da melhor música feita no nosso país.

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!