a news selecçãoculturaexposições

Já são conhecidos os vencedores da edição 2021 dos Prémios de Banda Desenhada da Amadora 

A cerimónia de entrega de prémios realizou-se no dia 24 de outubro nos Recreios da Amadora

Pela primeira vez, os Prémios de Banda Desenhada da Amadora distinguiram, com um prémio pecuniário de €5.000 a Melhor Banda Desenhada de Autor Português que foi atribuído a Balada para Sophie, de Filipe Melo e Juan Cavia.

Melhor Obra de Banda Desenhada de Autor Português: Balada para Sophie, de Filipe Melo e Juan Cavia

Melhor Obra Estrangeira de Banda Desenhada Editada em Português: Burlão das Índias, de Alain Ayroles e Juanjo Guarnido, da editora Ala dos Livros

Prémio Revelação: Ricardo Santo, por Planeta Psicose, da editora Escorpião Azul

Melhor Fanzine / Publicação Independente: Bestiário de Isa, de Joana Afonso, edição da autora

Melhor Edição Portuguesa de Banda Desenhada: Procura-se Lucky Luke, de Matthieu Bonhomme, da editora A Seita

Os Prémios de Banda Desenhada da Amadora (PBDA) são uma iniciativa da Câmara Municipal da Amadora, no âmbito do Amadora BD que, desde 1989, distingue os autores de banda desenhada, portugueses e internacionais.  Em 2021, o Amadora BD reafirma o seu compromisso e missão de investir nos autores e na banda desenhada e atribuiu pela primeira vez, um prémio pecuniário à Melhor Obra de Banda Desenhada de Autor Português. Há mais de 30 anos que o Festival apoia a produção de obras deste género literário, em contexto nacional e com impacto internacional.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!