eventosfestivais

Jameson Urban Routes regressa ao Musicbox

O icónico Festival Jameson Urban Routes, presença assídua no Musicbox e na rentrée da noite lisboeta entre 2007 e 2019, está finalmente de regresso dias 2, 3 e 4 de novembro.

Eddie Chacon, Lord Apex, Ana Frango Elétrico, Dame Area, Ralphie Choo, Conferência Inferno, DJ Babatr & DJ Marfox são alguns dos artistas que vão marcar esta edição.

O Jameson Urban Routes está de volta como sempre o conheceste, numa parceria entre o Musicbox e a marca de whiskey Jameson. Nascido em 2007, como o primeiro festival indoor organizado por um clube, tem sido um dos principais barómetros de tendências na música moderna e urbana.

Depois de ter sido o palco de grandes apresentações em Portugal de artistas como Toro Y Moi (2010), El Guincho (2010), Glass Animals (2014), Future Islands (2014), Karol Conká (2019), Kelsey Lu (2019), Bad Gyal (2019) e também o palco para a primeira atuação daquele que é um dos projetos de maior impacto musical a nível nacional nos últimos anos, Orelha Negra (2008), o Jameson Urban Routes regressa ao Musicbox, em Lisboa, para três dias de programação organizados em seis sessões.

Sessão #1 | 2 de Novembro | 20h30
Eddie Chacon + Ana Frango Elétrico + Romeu Bairos

Eddie Chacon é low-key uma R&B Legend. Depois de 30 anos longe da música, regressou em 2020 com o álbum “Pleasure, Joy e Hapiness” ao lado de John Carroll Kirby, um dos produtores mais reconhecidos da cena R&B. Apresenta o seu mais recente álbum “Sundown”, lançado pela prestigiada Stones Throw Records, onde procura transmitir um retrato honesto daquilo que vive e é. A ele junta-se a artista multi-disciplinar carioca Ana Frango Elétrico que vem apresentar o seu terceiro álbum: “Me chama de gato que eu sou sua”, a estrear no dia 20 de outubro, onde explora a perceção e os sentimentos em torno do amor queer. Completa o programa desta primeira sessão Romeu Bairos. Natural das Furnas, vem apresentar o seu novo projeto focado numa interpretação contemporânea de cantares tradicionais açorianos.  

Sessão #2 | 2 de Novembro | 00h30
Only Fire + Mariño, Lainx & Phaser (Popper DJs)
 
DJ e produtor croata, Only Fire estreia-se em Portugal. O artista eletrónico tem levado a cena techno a um nível inovador através da sua estética cibernética, onde mistura batidas fortes, divertidas e com uma vibração fria, com letras sexualmente explícitas recitadas pela voz robótica da Siri. Ganhou destaque em 2020 com a música “Asmr” que integra o projeto “Double Penetration”. Popper DJs são um colectivo que combina o universo noturno queer com a efervescência e a efemeridade do pop e das raves underground.


 
Sessão #3 | 3 de Novembro | 20h30
Lord Apex (Co-Curated with Versus) + Cíntia + Marianne 
 
Lord Apex, o rapper do West London com fluxos da cidade de Nova Iorque e um dos favoritos do hip-hop underground do Reino Unido, estreia-se em Lisboa com o seu novo projeto. Depois de partilhar o palco com grandes nomes como Freddie Gibbs, Action Bronson, The Alchemist, entre muitas outras referências do hip hop, pisa o palco do Musicbox. Com uma discografia infinita, o seu flow descontraído vai mais além que lo-fi e boom bap, sendo uma referência desde o tempo do movimento rap Soundcloud no início de 2010. Apex apresenta o seu novo álbum “The Good Fight”, que já conta com os dois singles de apresentação “Blessings” e “Smokers Longe”. Cíntia, jovem compositora e interprete, nascida e criada na Apelação em Loures, tem trazido uma nova sonoridade à música com o seu afro swing. Influenciada por nomes como Força Suprema, destacou-se com o single “Grana” (2019) e com o EP “Gyals and Gyals” (2020). O início da noite fica a cargo de Marianne, artista multidisciplinar de origem luso-suíça, que tem vindo a dar que falar nos últimos tempos. Ainda em início de carreira, explora as sonoridades para além das convenções académicas, com a improvisação e a performance bastante presentes na sua identidade musical.  


 
Sessão #4 | 3 de Novembro | 00h30
Ralphie Choo + Pedro da Linha + Bushbby 
 
O futuro da música espanhola passa por Ralphie Choo. O cantor e compositor madrilense funde a história da sua cidade, através de influências e instrumentos tradicionais espanhóis com a energia imprevisível e mutável do presente para criar algo que pareça o futuro. O rising madrileño vai apresentar o seu álbum de estreia “SUPERNOVA”, anunciado para 15 de setembro pela RUSIA IDK, onde explora o flamenco, pop contemporâneo, trap latino e a fusão de tudo o que existe entre eles. Após o single “GATA”, Ralphie lançou “MÁQUINA CULONA” com Mura Masa, um colorido hino eletrónico de verão. (P.S. Lembras-te da estreia de C. Tangana no Musicbox em 2019? Devias!). Ainda na mesma sessão, a cabine fica a cargo de Pedro da Linha, DJ e produtor musical que tem vindo a explorar a música portuguesa, desde o fado à música popular, transpondo-a para as pistas de dança e Bushbby, DJ e artista britânico-colombiana baseada em Londres que explora os sons e raízes da música latina-americana. Inspira-se nos sons das Caraíbas e nos sistemas sonoros em que cresceu, tanto na Colombia, como no underground do Reino Unido.


 
Sessão #5 | 4 de Novembro | 20h30
Conferência Inferno + Dame Area + Azu Tiwaline
 
O trio darkwave do Porto, reconhecido pelo seu pós-punk vincadamente invicto, são a prova de que não é preciso baterias nem guitarras para ser punk. Conferência Inferno vão apresentar o seu segundo longa-duração, “Pós-Esmeralda”, que será lançado em outubro. Depois de terem lançado “Ata Saturna” em 2021, Francisco Lima, Raul Mendiratta e José Miguel Silva mostram que o planeta pode ter construções mais empáticas através da sua música. Dame Area, Silvia Konstance e Viktor L. Cruz dão corpo ao projeto que mistura sintetizadores e percussão ao vivo, industrialismo e tribalismo, onde reúnem vários universos como tribal wave, techno punk e industrial pós-punk. Lançaram as primeiras músicas em 2018 e, desde então, tem atuado por toda a europa. Azu Tiwaline é uma produtora musical reconhecida por explorar as suas origens, enraizadas na região do Sahara e EL Djerid, no sul da Tunísia. Os seus sons conectam a música transé berbere e saariana através de vibrações que transportam o público a uma introspeção mística.

Sessão #6 | 4 de Novembro | 00h30
DJ Babatr + DJ Marfox + Gracie T
 
A última sessão fica a cargo de DJ Babatr, veterano venezuelano da dance music. Na indústria musical desde os anos 90, o DJ e produtor de Catia, bairro de Caracas, é o pioneiro do raptor house, uma fusão de trance europeu, ghetto house e ritmos afro-latinos. Ainda hoje soa a fresco com os seus grooves vigorosos, sendo uma das referências do universo noturno de toda a américa do sul. DJ Marfox é o boss. Dispensa apresentações, sendo o pioneiro nacional na mistura de kuduro, funaná, samba e tarraxo com elementos de house e techno. Gracie T, DJ localizada em Sheffiled, Reino Unido, integrou o coletivo Daytimers. Tem vindo a ganhar destaque universal. dando a conhecer a herança do sul da Ásia, mergulhando no renascimento do Asian Underground.

A 14ª edição do Jameson Urban Routes tem o seu cartaz completo. Os bilhetes para cada sessão estão à venda a partir de hoje em musicboxlisboa.com ou dice.fm.

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!