a concerto selectbanner-spotlightconcertos/músicacultura

José Cid arrasa…

Campo Pequeno

This post is also available in: English (Inglês)

José Cid levou ao Campo Pequeno as canções da sua vida, naquele que foi “Um dos Melhores Concertos do Ano”.

O cantor vencedor de um Emmy Award, foi acompanhado por excelentes músicos: Chico Martins na guitarra, Manuel Marques no saxofone, Samuel Henriques na bateria, Pepe no contrabaixo e o instrumentista, Amadeu Magalhães.

Excelente foi também a parte visual, os vídeos que, durante duas horas e meia, ilustraram todo o concerto, com chamada de atenção para o que ilustrou “No tempo Feliz”, tema que o cantor dedicou à sua mulher, Gabriela.

O artista inicia o concerto fazendo um agrado a Benjamim, o filho de Carolina Deslandes, cantando “Velho Moinho”, a música preferida do menino de 4 anos.

José Cid – Campo Pequeno 2021.10.15 ©Luís M. Serrão – iNeews

Além de Carolina Deslandes, estiveram na plateia a filha do cantor, Ana, Júlio Isidro a quem dedica “De Mentirosos está o Inferno Cheio” e Paulino Coelho, locutor da Rádio Renascença.

Cid participou em alguns Festivais da Canção, “A Rosa que Eu Te Dei”, “Ontem, Hoje e Amanhã” e “Um Grande, Grande Amor”, foram algumas das músicas cantadas nesses festivais.

O Menino Prodígio Sou Eu” é um tema rock que o artista considera autobiográfico.

Escrito por Ana, sua filha, cantou “Sonhador“. Do seu último disco “Fados, Fandangos, Malhões…e Uma Valsinha”, dedicou “No Tempo Feliz”, a valsinha, a Gabriela, sua esposa, companheira, a mulher com quem partilha a vida há trinta e cinco anos.

Durante o concerto contou que perdeu recentemente a sua irmã mais velha, revelando que foi a pessoa que mais o ajudou, que acreditava na sua música, que lhe dizia “nunca deixe de cantar”, para ela “Querida Irmã”, música que irá fazer parte do seu novo álbum.

Não faltou a homenagem a Zeca Afonso com “Milho Verde”, já com Mário Mata em palco cantam “Não Há Nada pra Ninguém” e “Já conheço esse Olhar” e com Tozé BritoD. Sebastião”, “João Gilberto e Astor Piazolla”. 

José Cid – Campo Pequeno 2021.10.15 ©Luís M. Serrão – iNeews

Seguiram-se canções que fizeram parte de uma geração, foi uma viagem pela música Portuguesa com “Coração de Papelão“, “20 Anos”, “Nasci pra Música”, “Se Chico Buarque me Cantasse um Fado”, “São Salvador do Mundo”, “Como o Macaco Gosta de Bananas”, “Cabana Junto à Praia” e “A Morrer de Amor por Ti”.

Chamando os seus convidados ao palco termina com medley “Cabana”, “Amanhã de Manhã” canção com letra de Tozé Brito e um hino às Doce e “Um Grande, Grande Amor”.

Foi um concerto arrasador, brilhante, que mostrou um José Cid de 77 anos cheio de vida, cheio de garra, foram duas horas e meia de música e partilha de uma vida que atiraram, de vez, a pandemia para trás das costas, numa arena que só pecou por não ter esgotado. Aqueles que compareceram à chamada foram brindados com o que foi “Um dos Melhores Concertos do Ano”, daquele que é, sem dúvida alguma, um grande artista da música nacional.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!