culturalusofoniamacau

Jornalista ganha prémio Macau-Reportagem da Fundação Oriente

This post is also available in: English (Inglês)

O relatório, veiculado no Canal de Macau da TDM, em janeiro de 2019, aborda um tema relevante da cultura local, num trabalho solidamente documentado que apela a diferentes vozes para a análise do tema em questão.

Outra reportagem foi distinguida com uma menção honrosa: “A última fenda da infame faixa”, da jornalista Sílvia Gonçalves, publicada no jornal Ponto Final, em julho de 2018.

O júri é composto pela coordenadora da delegação da Fundação Oriente em Macau, Ana Paula Cleto, o director do jornal de língua inglesa The Macau Post Daily, Harald Bruning, o director do Instituto Português do Oriente (IPOR), Joaquim Ramos, e os professores da Universidade de Macau Maria José Grosso e José Fernando Lino Pascoal e também pela professora do Instituto Politécnico de Macau Rosa Bizarro.

A Fundação Oriente instituiu o Prémio Macau – Reportagem para premiar os melhores trabalhos jornalísticos sobre Macau, na vertente cultural e socioeconómica, publicados nos meios de comunicação (imprensa, rádio, televisão e internet) de Macau e Portugal.

A delegação da Fundação Oriente aceita, entre 4 e 29 de janeiro de 2021, as candidaturas à próxima edição do prémio, que tem o valor monetário de 50.000 patacas (cerca de cinco mil euros).

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!