culturaliteratura

Lobo Antunes nomeado para o Prémio Literário Internacional de Dublin

O autor português faz parte da lista longa escolhida por bibliotecas de todo o mundo, da qual constam autores oriundos de 30 países.

Entre os primeiros finalistas daquele prémio encontram-se os já distinguidos “Rapariga, Mulher, Outra“, de Bernardine Evaristo (Prémio Booker), “Pátria“, de Fernando Aramburo (Prémio Nacional de Narrativa), e “Os Rapazes de Nickel“, de Colson Whitehead (Prémio Pulitzer de ficção).

Da lista constam ainda autores como Elif Shafak, Colum McCann, Heather Morris, Elizabeth Acevedo, Fernanda Melchor, Carina Sainz Borgo, Ocean Vuong, Brit Bennett e Daniel Kehlmann.

O livro de António Lobo Antunes “Até que as pedras se tornem mais leves que a água” foi editado em Portugal em 2017 pela D. Quixote e é um regresso do autor aos fantasmas da guerra de Angola.

O Prémio Literário de Dublin é organizado pela autarquia da capital da Irlanda e gerido pelas bibliotecas públicas da cidade, com um valor monetário de 100 mil euros, a serem entregues na totalidade ao autor da obra vencedora, se esta for escrita em inglês, ou, no caso de tradução, a dividir entre escritor e tradutor, no valores de 75 mil euros e 25 mil euros, respetivamente.

A lista de finalistas do Prémio Literário Internacional de Dublin 2021 será conhecida no dia 25 de março e o vencedor será revelado a 20 de maio.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!