atletismoDesporto

Luís Saraiva e Solange Jesus vencem Meia Maratona do Porto

This post is also available in: English (Inglês)

A 14.ª edição da Hyundai Meia Maratona do Porto marcou este domingo o regresso das provas de estrada às marginais do Porto e de Vila Nova de Gaia. A corrida foi pela primeira vez dominada pela elite nacional com vitórias para Luís Saraiva e Solange Jesus.

Mais de um ano e meio depois, as corridas de atletismo regressaram às ruas da cidade e, apesar de algumas limitações e restrições inerentes ao atual contexto pandémico, foi possível juntar cerca de 3.500 participantes.

Num evento que obrigou a novas regras e a novos procedimentos, como a medição da temperatura a todos os atletas inscritos ou a utilização obrigatória de máscara durante os primeiros 200 metros após a largada, todos cumpriram com a sua parte, provando que é possível voltar a realizar este tipo de eventos em segurança e também com conforto, desde a partida (este ano antecipada em uma hora) até ao momento da chegada (sem o habitual público).

Desportivamente, nem a ausência dos atletas africanos retirou emoção à prova, que acabaria por ser discutida apenas pela elite nacional. Assim, os portugueses juntaram o seu nome ao álbum de ouro da Meia Maratona do Porto.

Na corrida masculina, Luís Saraiva, em representação do Sporting Clube de Braga, não deu hipóteses à concorrência interna, cumprindo os 21 km em 1h03m11s, naquela que foi a sua segunda presença na prova. O atual Campeão Nacional de Estrada destacou-se bem cedo e rolou sozinho praticamente de início ao fim. “Tinha noção que estava a andar a um bom ritmo. Nos últimos quilómetros, estava a sentir que podia baixar da uma hora e três, mas já trazia bastante atraso e não consegui baixar aqueles sete segundos. Mas cruzar a meta foi uma alegria enorme”, disse o atleta, de 27 anos, após a chegada.

Filipe Vitorino (Clube de Natação de Rio Maior), com o tempo de 1h04m35s, e Fábio Oliveira (ACD S. João da Serra), com 1h04m36s, completaram o pódio masculino.

Em femininos, Solange Jesus surpreendeu todas as favoritas, vencendo em 1h15m43s. “As sensações foram muito boas ao longo do percurso. Já tinha feito esta prova no passado, mas mais em jeito de treino. Desta vez, foi mais a sério”, afirmou a ex-atleta do Sporting, de 34 anos, após confirmar a sua primeira vitória na prova e a sua segunda melhor marca na distância.

Em segundo lugar ficou Sara Duarte (ACD S. João da Serra), com o tempo de 1h15m56s. Vanessa Carvalho (SC Braga) fechou o pódio, completando a prova em 1h16m08s. Confere todas as classificações aqui.

A próxima Hyundai Meia Maratona do Porto já tem data marcada: 18 de setembro de 2022.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!