culturadestaque | reportagemmúsica

Mísia levou “as mais bonitas” ao CCB

Centro Cultural de Belém

O CCB recebeu Mísia, que encantou com as Mais Bonitas, de que fazem parte alguns dos seus temas mais emblemáticos e marcantes.

Uma noite onde se celebrou a música, a poesia e a carreira da fadista, que tantos e excelentes temas tem dado á musica portuguesa, feita de genuína entrega e de honesta reverência por um passado que estudou, mas que nunca permitiu que a prendesse, dando ao longo dos anos voz a novos poetas, experimentando novas sonoridades.

As mais bonitas nas palavras da artista:
As mais bonitas que eu sinto como as mais bonitas, não é por terem uma melhor música, ou um poema melhor, eu não canto poemas que não sejam extraordinários e musicas maravilhosas, meio termo não tem entrada no meu reportório, não é por causa disso, é porque elas são bonitas como as vezes, voçês sabem, há pessoas que não correspondem ao simbolo da beleza tradicional, mas são bonitas porque têm uma alma, porque são bonitas quando falam, são generosas, são pessoas que nos inspiram, estas musicas são as mais bonitas por isso, estiveram comigo em momentos complicados, ou felizes, e para mim, são inesquecíveis…“.
Mísia

As mais bonitas, tiveram letras e músicas de nomes consagrados, como Amália Rodrigues, Helder Moutinho, Natália Correia, Vasco Graça Moura e Agustina Bessa-Luíz entre outros mas também homenagens a Carlos Paredes e Astor Piazzola, e terminou com “Vivendo sem mim” da diva do fado, Amália, cantado à Capela por Mísia.

Em palco com Mísia estiveram o director musical e pianista Fabrizio Romano, na guitarra portuguesa Bernardo Couto e na viola de Fado, Daniel Pinto.

Alinhamento do concerto “as mais bonitas”

  • Trago a saudade esquecida  – Hélder Moutinho / Fado Carriche
  • O unicórnio azul – Sílvio Rodriguez
  • Ciúmes de um coração operário – Vitorino Salomé
  • Fado dos dois pardais – Ricardo Negrete Plano / Fado das horas de José António Sabrosa
  • Vou pedir-te um coração – Tiago Torres da Silva / Fado perseguição
  • E se a morte me despisse – Natália Correia/ Mário Pacheco
  • Coração ( Homenagem a Carlos Paredes) Vasco Graça Moura / Mário Pacheco
  • Não me chamem pelo nome – António Botto / José Marques do Amaral
  • Os homens que eu amei Tiago Torres da Silva / Fado Estoril de Armandinho
  • Oblivion  – Astor Piazzolla
  • Ki anamessa – Sappho de Mytilène / Angelique Ionatos
  • Que he sacado con quererte – Violeta Parra
  • Tive um coração perdi-o
  • Garras dos sentidos – Agustina Bessa-Luíz / Fado menor
  • Vivendo sem mim – Amália Rodrigues / Mário Pacheco à cappella

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!