comédiaculturaeventosEventos 2024-09

“Monstros” de Elie Semoun no Centro Cultural de Belém

O Comediante françês estreia-se em Lisboa em Setembro

Elie Semoun, o comediante, ator, diretor escritor e cantor francês, traz os seus “monstros” a Lisboa, no CCB – Centro Cultural de Belém, dia 28 de setembro.

Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais e em everythingisnew.pt

elie
“Monstros” de Elie Semoun

Elie Semoun procura sempre temas mais originais, profundos, espetaculares e, sobretudo, humanos para os seu espetáculos. Dar a conhece ao público Wagner e a dança dos patos, dançar uma valsa com a urna da mãe, levá-los a assistir a um sequestro, sair do coma após trinta anos, tentar reconquistar a esposa após quinze anos de infidelidade… Estes são apenas alguns dos cenários do novo espetáculo de Elie Semoun, onde o comediante explora questões da vida cotidiana de forma única e peculiar.

No fundo, a vida é um circo, uma comédia, uma tragédia na qual todos nós nos debatemos. Ele responde à sua maneira e com o seu olhar tão particular à pergunta: podemos rir de tudo?

“Elie Semoun et ses Monstres” é o seu 7º solo em cena, que chega ao CCB – Centro Cultural de Belém este ano, dia 28 de setembro.

elie2
Elie Semoun

SOBRE ELIE SEMOUN

Tendo iniciado no teatro aos 17 anos, no liceu, Elie frequentou o Théâtre de l’Atelier sob a direção de Jean Darnel, onde conheceu Nicolas Vaude, Nicolas Briançon e Annie Grégorio. Esta última apresentou-lhe o encenador Roget Louret, que estava a preparar uma peça clássica chamada “Les Folies Amoureuses”, para a qual estava à procura de um criado que contracenasse com o personagem principal, interpretado por Muriel Robin.

Aos 19 anos, integrou a trupe dos Baladins en Agenais e, depois de regressar a Paris, sucederam-se anúncios publicitários, curtas-metragens e uma série chamada “Vivement Lundi”, que lhe trouxe alguma popularidade. Foi então que conheceu Dieudonné e tudo aconteceu muito rapidamente. Pascal Légitimus encenou-os no Café de la Gare, que rapidamente encheu, seguido pelo Splendid, pelo Théâtre de Dix Heures e pelo Casino de Paris. Elie prosseguiu a sua carreira a solo tanto nos palcos como no ecrã, criou “Petites Annonces d’Elie” com Franck Dubosc e acumulou sucessos na rádio, na televisão, nos discos e nos palcos.

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!