ambientenoticias

Município de Loulé apaga as luzes pela proteção do planeta

Hora do Planeta 23 de março, das 20h30 às 21h30

Entre as 20h30 e as 21h30 do próximo dia 23 de março, o Município de Loulé volta a ser um dos pontos do Globo em que as luzes irão apagar−se, num momento simbólico de reflexão sobre as alterações climáticas.

O Município volta, assim, a associar-se à Hora do Planeta, uma ação ambiental promovida internacionalmente pela organização global de conservação da natureza Associação Natureza Portugal | World Wildlife Found (WWF).

“Pequenas ações com grande impacto” é o mote da Hora do Planeta 2024. Esta iniciativa tem vindo a transformar-se num momento de ação, lembrando que todos nós podemos e devemos desempenhar um papel ativo na preservação e recuperação da natureza.

Os municípios portugueses têm vindo a fazer história enquanto parceiros inestimáveis deste movimento global, seja com a realização de ações locais, seja através do apagão temporário de alguns dos seus principais monumentos.

A nível local, a Autarquia de Loulé compromete-se a desligar as luzes de vários edifícios e espaços públicos do concelho, durante 60 minutos, neste dia 23 de março: Paços do Concelho, Edifício Eng.º Duarte Pacheco/Assembleia Municipal, Monumento Eng.º Duarte Pacheco, Mercado Municipal de Loulé, Cineteatro Louletano, Muralha do Castelo de Loulé de Loulé, Centro Autárquico de Quarteira e edifícios das juntas de freguesia de S. Sebastião, S. Clemente, Quarteira, Almancil, Salir, Querença, Tôr, Benafim, Boliqueime, Alte e Ameixial.

Esta iniciativa está intrinsecamente ligada a um dos mais importantes desígnios do Município, o cumprimento das metas relativas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas, ao destacar a importância da ação coletiva e consciencialização para uma melhor adaptação e mitigação dos impactos das alterações climáticas, alinham-se diretamente com o ODS 13 – Ação Climática, com o ODS 7 – Energia Limpa e Acessível, e o ODS 15 – Proteção da Vida Terrestre, ao sublinhar a necessidade de proteger ecossistemas e a biodiversidade para um futuro mais sustentável.

Recorde-se que, há mais de 15 anos, a Hora do Planeta, evento histórico da WWF, representa um movimento global de milhões de pessoas em todo o mundo que se unem, através de um gesto simbólico, para manifestar o seu compromisso com o Planeta. Esta iniciativa surgiu em Sidney, na Austrália, quando, numa tomada de posição contra as alterações climáticas, 2,2 milhões de pessoas e mais de 2 mil empresas apagaram as luzes durante 60 minutos.

Uma das condições essenciais na luta contra as alterações climáticas é a existência de sistemas naturais intactos. No entanto, nos últimos 50 anos, a natureza, que é também fonte dos nossos meios de subsistência, enfrenta taxas de perda alarmantes e sem precedentes em todo o mundo. É imperativo inverter esta tendência até 2030, resgatando e restaurando a biodiversidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!