tec

NATO organiza maior exercício de ciberdefesa com dois mil especialistas

Organizado pelo Centro de Excelência de Defesa Cibernética Cooperativa da NATO (CCDCOE), o exercício “Block Shields” permite às nações participantes uma oportunidade sem precedentes de testar as suas habilidades num ambiente seguro, ao mesmo tempo em que são desafiadas de forma agressiva por um adversário qualificado

Cada equipa deve defender redes virtuais personalizadas que incluem uma variedade de serviços e plataformas, emulando sistemas civis e militares. As equipas são compostas por cerca de 60 especialistas da Agência de Comunicações e Informação da NATO (NCI), bem como de outras organizações da Aliança e de mais de 10 países membros.

Na edição de 2021, este exercício coloca uma equipa vermelha contra 22 equipas azuis, assumindo o papel de equipas nacionais de reação rápida cibernética que são desafiadas a ajudar um país fictício a lidar com um incidente cibernético de grande escala, com todas as suas implicações.

As equipas participantes, que terão de defender com sucesso os seus sistemas informáticos civis e militares nacionais e infraestruturas críticas, terão de se adaptar em tempo real e lidar com múltiplos e sofisticados ciberataques, dando-lhes a oportunidade de testar de forma realista a sua cadeia de comando.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!