a concerto selectbanner-spotlightculturadestaque | reportagemmúsica

Poesia visual e musical de Bjork conquista Lisboa 

Altice Arena 

A cantora islandesa deslumbrou um Altice Arena cheio, com uma produção fantástica, cuidada ao pormenor, 90 minutos em que entramos no “planeta” Bjork, cheio de cor, esperança, fantasia e excelente música.

Bjork, dona de um estilo muito próprio, voltou a Portugal 15 anos depois, para apresentarCornucopia que tem como base o seu álbum  “Utopia mas que também incluiu as canções do seu mais recente álbum nomeado ao GRAMMY® de Best Alternative Music Album,Fossora, mas que enche o coração e a alma, com a sua música, teve a recebê-la um Altice Arena, cheio de fãs, conhecedores da sua obra, atentos a todos os pormenores.

Um espectáculo que conta com imagens fantásticas, projectadas em diferentes níveis, dando uma sensação de três dimensões, de facto, deslumbrante, imagens que nos levam para um planeta colorido, belo e surrealista ou uma floresta tropical cheia de flores, plantas ou animais bioluminescentes, para essa sensação também contribui os sons de aves e da floresta que foram ouvindo, desde que o público começou a entrar na sala, imagens criadas pelos artistas Tobias Gremmler, Andy Huang, Nick Knight e M/M. 

Se as imagens foram excelentes, toda a cenografia de Chiara Stephenson, guarda-roupa, coro e músicos onde incluíam o septeto de flauta Viibra, mas ainda clarinetistas, harpista, percussão, electrónica e vários instrumentos personalizados, todos contribuíram com a sua incrível performance, para maravilhar ainda mais os fãs, Bjork foi a maestrina, que com a sua maravilhosa voz, nos levou nesta viagem maravilhosa pela sua música e mundo fantástico.

A cantora, desafiou o público, com um texto projectado, para criarmos um mundo melhor onde a protecção da natureza em simbiose com a tecnologia possa ser uma realidade, desafia todos a criar o seu mundo e a viver nele.

O ambiente e a igualdade tiveram ainda outra protagonista, numa gravação, Greta Thunberg, voltou a apelar a todos, mas aos jovens principalmente, para mudarem a realidade, a economia, a forma de viver, mudando as políticas, que nos estão a levar para um ponto sem retorno, voltando a realçar a inoperância e o desleixo, de uma classe económica e política, que continua a pensar no lucro e no bem estar de alguns em detrimento de todos os outros.

Depois de pouco mais de 90 minutos de um espectáculo fantástico Bjork despediu-se do público português, com muitos “obrigados” depois de apresentar todos os que a acompanham em palco, mas uma “chuva” de aplausos, de um público que se recusava a deixar o seus lugares, trouxeram a cantora de volta ao palco, para mais uma música com que brindou todos os fãs, um concerto inesquecível.

Não foi permito aos meios de comunicação recolher imagens deixamos por isso as imagens do fotografo oficial Santiago Felipe.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!