empresas

Estudo luso-espanhol ajuda a compreender e a prever os efeitos das alterações climáticas

This post is also available in: English (Inglês)

Os investigadores Jorge Durán, do Centro de Ecologia Funcional da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), e Manuel Delgado-Baquerizo, da Universidad Pablo de Olavide (Sevilha, Espanha), avaliaram, pela primeira vez, como e por que a variabilidade espacial da biodiversidade do solo muda em ecossistemas terrestres em uma escala global.

A variabilidade espacial, ou seja, a distribuição desigual das propriedades do solo, desempenha um papel essencial no controle das principais características e serviços dos ecossistemas, como desempenho da planta, produtividade do ecossistema, interações tróficas ou ciclagem de nutrientes do solo.

Os resultados deste estudo, publicados na revista científica Scientific Reports, do grupo Nature, são essenciais “para melhorar a nossa capacidade de compreender e prever os efeitos complexos das alterações climáticas na biodiversidade do solo, bem como para conceber medidas de detecção e mitigação precoces mais eficaz”, diz Jorge Durán.

“Sabemos que a variabilidade espacial das propriedades e funções do solo é controlada pela interação de vários atributos biológicos, químicos e físicos. No entanto, pouco se sabe sobre os fatores que controlam a variabilidade espacial dos organismos subterrâneos. Isso é surpreendente, porque a biodiversidade do solo é um fator essencial nas múltiplas funções do ecossistema. Embora as pesquisas na última década tenham sido capazes de identificar os fatores ambientais mais importantes que controlam a biodiversidade dos organismos do solo, um aspecto que tem sido esquecido nesses estudos é a sua variabilidade espacial”, explica a pesquisadora do Centro de Ecologia Funcional da FCTUC.

Este estudo teve como objetivo justamente preencher essas lacunas de conhecimento. Os pesquisadores analisaram um grande banco de dados, de solo e vegetação, de 87 locais diferentes em todos os continentes (exceto a Antártica), cobrindo uma ampla gama de condições climáticas, tipos de vegetação, idades e origens do solo.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!