a news selecçãocinemaculturateatro

Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA de volta ao formato presencial

O Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA está de regresso ao formato presencial, depois de um ano de interrupção devido à pandemia da Covid-19. Para além dos artistas que irão ser premiados este ano, será também homenageado o trabalho dos nove atores e atrizes galardoados remotamente no ano passado. A 14ª edição deste prémio que presta homenagem pública ao trabalho de interpretação dos atores portugueses – e cujos júris anuais são exclusivamente compostos por atores – terá lugar no dia 7 de dezembro no Teatro da Trindade, em Lisboa.

A cerimónia será antecedida pelas “Jornadas para o Ator”, composta por ações de aproximação ao mundo audiovisual e por uma sessão da iniciativa #makethemost – Fundos Europeus para as Artes e a Cultura, explicando como é que os atores, realizadores e produtores se podem candidatar aos apoios disponíveis, num dia dedicado exclusivamente ao trabalho e ao mérito artístico dos atores e das atrizes portuguesas. 

Este ano regressamos felizmente à celebração presencial, sinal de que estamos a voltar à normalidade e à retoma das iniciativas culturais já com público”, afirma Mário Carneiro, diretor-geral da Fundação GDA. “Fazemos questão de homenagear, não apenas os premiados desta edição, mas também os que no último ano não tiveram a oportunidade de serem honrados numa cerimónia pública”. No ano passado, não tendo a possibilidade de realizar a cerimónia de entrega de prémios presencialmente, a GDA decidiu atribuir três prémios por cada categoria, ao invés de um, como é habitual.

A valorização do trabalho dos atores portugueses é tanto mais importante quanto o cinema português que tem, nos últimos anos, obtido um reconhecimento internacional cada vez maior da sua qualidade”, afirma Mário Carneiro. “Depois de prémios importantes para filmes em festivais como Veneza, Locarno, Hamburgo, San Sebastian, Chicago ou Tóquio, entre outros, será agora a vez da GDA distinguir especificamente o trabalho de atores que neles participam”.

A GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas é a entidade que em Portugal gere os direitos de propriedade intelectual de músicos, atores e bailarinos. A Fundação GDA é o seu instrumento para valorizar o trabalho dos artistas e promover o seu desenvolvimento humano e cultural e a sua proteção social.

O Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA compreende três categorias: Melhor Ator/Atriz Principal, Melhor Ator/Atriz Secundário(a) e Novo Talento, às quais correspondem prémios pecuniários no valor de €3.000, €2.000 e €1.000, respetivamente. Este ano a cerimónia de entrega dos prémios será apresentada pelo ator Pedro Inês.

Um dos traços distintivos deste prémio é tratar-se de um reconhecimento entre pares: são prémios de interpretação atribuídos a atores por atores. Almeno Gonçalves, Luísa Cruz e Teresa Faria são os jurados que integram o painel desta edição, cabendo-lhes avaliar a interpretação dos colegas nas obras analisadas: longas-metragens portuguesas, de ficção, estreadas comercialmente em sala entre 1 de janeiro e 31 de dezembro do ano de 2020. 

Mais info aqui.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!