a concerto selectbanner-spotlightconcertos/músicacultura

Prémios Play 2022 – Uma noite para celebrar a música

Coliseu dos Recreios

Decorreu no Coliseu dos Recreios a cerimónia dos prémios Play, mais que os prémios, que são importantes, mas mais importande foi a celebração dos autores portugueses e lusofonos, da musica portuguesa, dos técnicos e musicos, da industria da música que tanto sofreu com a pandemia, e quie mesmo assim resistiu, saiu mais forte, com trabalhos de grande qualidade.

Os prémios Play premiaram 13 categorias, Ana Moura e Dino D’Santiago foram dois dos vencedores da noite, com dois galardões cada, uma grande homenagem, com o prémio carreira para Simone e claro Barbara Bandeira e Carminho que venceram a cação do ano com “Onde Vais”, foram também grandes destaques.

Prémios Play > Coliseu dos Recreios ©Luís M. Serrão -iNeews < 2022.05.05

Foram vários os momentos musicais da noite, que juntaram artistas em palco, os que mais surprenderam, Moonspell com Dulce Pontes e Nenny com Ana Moura, mas claro que foram também destaque, Camané com Agir e Dino d’Santiago com a Banda Monte Cara.

Prémios Play > Coliseu dos Recreios ©Luís M. Serrão -iNeews < 2022.05.05

E os vencedores são…

Melhor artista feminina
Ana Moura
Estavam nomeadas ao prémio de melhor artista feminina Ana Moura, Bárbara Tinoco, Gisela João e Nenny.

Melhor artista masculino
Dino D’Santiago
Estavam nomeados para de melhor artista masculino António Zambujo, Camané, Dino D’Santiago e Tony Carreira.

Melhor Grupo
The Black Mamba
Estavam nomeados para melhor grupo os Moonspell, Wet Bed Gang, Os Quatro e Meia e The Black Mamba.

Melhor Videoclipe
“Andorinhas”, de Ana Moura e André Caniços
Estavam nomeados para melhor Videoclipe “Ainda Sinto”, de Diana Lima e T-Rex, realizado por Tiago Plácido,Andorinhas”, de Ana Moura, por André Caniços, “Blues da Quinta”, dos 5.ª Punkada, realizado por Casota Collective e “Nós Pimba”, de Chico da Tina, com realização de Irish Favério.

 

Melhor Álbum de Jazz
“Unlimited Dreams”, dos João Lencastre’s Communion
Estavam nomeados para melhor álbum de Jazz “A Tribo”, dos Coreto, “Garfo”, do grupo Garfo, “Lumina”, de Pedro Melo Alves Omniae Large Ensemble e “Unlimited Dreams”, dos João Lencastre’s Communion.

Melhor Álbum de Fado
“Horas Vazias” de Camané
Estavam nomeados para melhor álbum de fado “Agora”, de Teresinha Landeiro, “Aurora”, de Gisela João, “Eu Sou”, de Fábia Rebordão, e “Horas Vazias”, de Camané.

Prémio Lusofonia
“Jeito Alegre de Chorar”, do músico de Angola Paulo Flores
Para o prémio lusofonia estavam nomeados “Hino à Gratidão”, do músico de Cabo-Verde Mario Lucio, “Jeito Alegre de Chorar”, de Paulo Flores, “Modo Turbo”, de Luísa Sonza, Pabllo Vittar e Anitta e “Nossas Coisas”, de C4 Pedro.

Prémio da Crítica
Dino D’Santiago com o seu álbum “Badiu”

Prémio Artista Revelação
EU.CLIDES
Para o prémio revelação estavam nomeados EU.CLIDES, Ivandro, Luís Trigacheiro e Rita Vian.

Prémio Melhor Álbum Música Clássica/Erudita
Luís Duarte e Lígia Madeira pelo álbum conjunto “Portuguese Music For Piano Duo“
Estavam nomeados para melhor álbum de música clássica/eurodita “João Madureira / Estudos Literários- Retratos”, de Ana Telles,Debut”, de João Barradas, “Cifras de Viola”, de Tiago Matias e Luís Duarte e Lígia Madeira por “Portuguese Music For Piano Duo“.

Prémio Melhor Álbum
“70 Voltas ao Sol” (versão ao vivo com orquestra) de Jorge Palma
Estavam nomeados para melhor álbum “70 Voltas ao Sol” de Jorge Palma, “Aurora”, de Gisela João, “Badiu”, de Dino D’Santiago, e “Recomeçar”, de Tony Carreira.

Prémio Carreira 2022
Simone de Oliveira, que esteve presente na cerimónia, foi a vencedora do prémio carreira dos Play Awards 2022 pelo seu percurso e contribuição para a música portuguesa, no ano quem que se despediu dos palcos após, 65 anos de carreira, veja aqui a reportagem.

Prémio Vodafone Canção do Ano
“Onde Vais” de Bárbara Bandeira e Carminho
Estavam nomeadas para melhor canção do ano, categoria que foi votada pelo público ao longo da cerimónia, “Andorinhas” de Ana Moura, “Borboletas” de Gama, “Lote B” de António Zambujo, “Love is on My Side” dos The Black Mamba, “Onde Vais” de Bárbara Bandeira e Carminho, e ainda “Tequila” de Nenny.

Veja aqui quem passou pela passadeira vermelha do Coliseu

 

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!