culturamúsica

ProfJam chegou ao número 1 do top de artistas no Spotify Portugal

após ter lançado o novo álbum “MDID (Música De Intervenção Divina)”

23 das 25 canções do álbum entraram diretamente para o top 200 dos temas mais ouvidos no Spotify Portugal e em paralelo Mário Cotrim quebrou a barreira das 500.000 streams no Spotify, no dia de lançamento de “MDID”.

O lançamento do novo álbum de ProfJam, MDID (Música De Intervenção Divina), era há muito aguardado e as expectativas foram plenamente conseguidas.

Depois de ter juntado mais de 2500 pessoas ao ar livre, no Jardim Francisco Caldeira Cabral (Telheiras, Lisboa), para uma listening party épica, onde se ouviram pela primeira vez as 25 canções de “MDID”, ProfJam tornou-se o artista #1 no Spotify Portugal. Aliás, 23 das 25 canções que integram o álbum “MDID (Música De Intervenção Divina)” entraram para o top 200 dos temas mais ouvidos no Spotify Portugal, e 7 delas chegaram em simultâneo ao Top 50 da maior plataforma de streaming, onde o disco já conta com mais de 8 Milhões de streams!

Já o vídeo de “DAKAR”, o mais recente single, encontra-se de momento em #5 no top de tendências do YouTube em Portugal, onde videoclipes e lyric vídeos deste disco também já contam com mais de 5 milhões de visualizações.

O tão aguardado álbum “MDID”, revelado no quinto dia do quinto mês do ano, o quinto projeto de Mário Cotrim, viu a luz do dia depois do músico de Telheiras eclodir em “The Big Banger Theory” (2014), se descobrir em “Mixtakes” (2016) a partir da sua revolucionária Think Music, se reinventar em “#FFFFFF” (2019), e se reafirmar — ao lado de benji price — com “SYSTEM” (2020).

Editado em data simbólica, o produto entre dia e mês resulta numa obra composta por 25 faixas, com uma produção executiva tripartida — entre o próprio autor e os 2LO (dupla formada por Gonçalo Lemos e Leonardo Pimenta) — e produtores que vão desde Migz em grande parte do álbum, Fumaxa (em “DAKAR”, lançado recentemente e que logo atingiu posições cimeiras nas plataformas digitais), Rubik (na anterior e em “FASE”), Charlie Beats (em “SÁBADO”), Osémio Boémio (em “CABARET”), Reis (em “KAMIKAZE”) ou Lazuli (em “TUGA”).

“MDID” confirma a tendência dos seus vislumbres isoladamente antecipados: como visionário que é, e cada vez mais aliado à sua dimensão de fé, o artista responsável por hinos maiores do hip hop nacional — entre o ouro e múltiplas platinas — como “Xamã”, “Mortalhas”, “Água de Côco”, “À Vontade” (com Fínix MG), “Tou Bem” (com Lhast) ou “TRIBUNAL” (com benji price) – continua a acumular hits no seu reportório sem, no entanto, se desviar do caminho há muito por ele traçado.

A viagem de ProfJam destaca-se, por isso, sobretudo pela imprevisibilidade de cada paragem, e “MDID” não foge à regra nem à rota. Mais uma vez, o MC que se apropriou em sede própria das iniciais com que assina e, a partir delas, mudou o paradigma do rap nacional com outras duas iniciais (TM) — ao lado de gente como benji price e Nelson Monteiro (co-fundadores da label), Fínix MG, Mike El Nite, YUZI, prettieboy Johnson, Sippinpurpp, LON3R JOHNY, L-ALI e xtinto —, sobe a um novo patamar mais para se desafiar do que para ver a vista lá de cima.

Num trabalho que prima pela ausência de vertigens na hora de saltar a pés juntos em águas por navegar, a visão artística do autor sobressai pela (aparente) facilidade com que ProfJam sai de órbita e reflete diferentes movimentações à volta de um espectro tão alargado quanto as suas capacidades o permitem. Novas abordagens, diferentes estéticas e as mesmas motivações culminam num disco ambicioso como nenhum outro até então na sua carreira.

Já com o disco editado, o rapper prepara-se agora para se fazer à estrada novamente, ele que tem já confirmadas atuações para festivais como o Sumol Summer Fest (no dia 30 de junho) ou o Rolling Loud, onde apresentará um espetáculo totalmente novo e também ele inovador.

Alinhamento MDID:

  • ”INTRO”
  • “BLESS”
  • “4 O QUADRADO”
  • “FEHÉR”
  • “FAX”
  • “SÁBADO”
  • “DAKAR”
  • “CABARET”
  • ”BORA AGAIN”
  • “KAMIKAZE”
  • “INFINITY STONES”
  • “SOURCE”
  • “NADA ME FALTA”
  • “FASE”
  • “PÓ QUE EU TOU”
  • “SACA LÁ”
  • “GEIZA”
  • “ALLSTAR”
  • “TUGA”
  • “BANG PLO SKY”
  • “AZTECA”
  • “HÁLITO”
  • “WOUW”
  • “DESPEDIDA”
  • “JAMANTHA”

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!