desporto

Rally de Portugal Histórico percorre hoje especiais de Trás-os-Montes e Minho

A terceira etapa do XVII Rally de Portugal Histórica tem partida e chegada em Viseu, mas leva os concorrentes às regiões de Trás-os-Montes e do Minho, num percurso de 541 quilómetros.

Competição está ao rubro com os belgas Johnny Delhez e Pyck Aswin (Ford Escort) na frente da classificação, após os problemas mecânicos que atrasaram os favoritos Yves Deflandre / Jennifer Hugo (Porsche 911).

Depois da jornada que ligou, ontem, a Figueira da Foz e Viseu, as 80 equipas em prova no Rally de Portugal Histórico acordaram hoje, bem cedo, na cidade de Viriato, com mais 541 quilómetros no roadbook para esta quinta-feira. A etapa começou às 08h45, no Hotel Montebelo, rumando a norte, onde os concorrentes disputam especiais de regularidade em locais como Cárquere, no concelho de Resende, junto à igreja onde D. Afonso Henriques se terá curado da doença que afetava as suas pernas em criança. Já em Trás-os-Montes, passagens por Vila Real, Senhora da Graça, Ribeira de Pena e Montalegre, com uma especial no circuito do Mundial de Ralicross, antes da paragem para almoço. De Montalegre, a caravana explora as estradas do Gerês em direção ao Minho, com especiais em locais emblemáticos do Vodafone Rally de Portugal, como Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto, antes de uma dupla subida à Rampa de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego. O dia encerra novamente no Hotel Montebelo, em Viseu, onde o primeiro concorrente é esperado a partir das 23h10.

Três líderes diferentes

Desportivamente, a competição do Rally de Portugal Histórico está ao rubro, já que os líderes das primeiras 14 especiais, os belgas Yves Deflandre e Jennifer Hugo, tiveram problemas mecânicos no seu Porsche 911 após a passagem por Muna, outro local com ligação histórica ao Rally de Portugal.

Os espanhóis Marcos Fernández e Adolfo González aproveitaram para colocar o seu Peugeot 205 GTi na frente da classificação, mas no final da etapa os belgas Johnny Delhez e Pyck Aswin (Ford Escort) assumiram a liderança, com escassos 0,8s de vantagem sobre a dupla espanhola. O terceiro lugar é ocupado, nesta altura, por Christophe Berteloot e Baptiste Gengoux (Porsche 911), que também estão a apenas 3,9s dos líderes, ou seja, em luta direta pela vitória. Os portugueses Luís Cavaco e Luís Serôdio estão a fazer uma prova em crescendo, com o seu Ford Escort RS, e já são os quartos classificados da geral, a 21s da liderança.

Amanhã, a derradeira etapa do Rally de Portugal Histórico é também a mais longa, com mais de 700 quilómetros de extensão, entre Viseu e Lisboa. Uma etapa que inclui as famosas incursões por Arganil e pela noite de Sintra, antes da chegada ao Parque Eduardo VII, em Lisboa.

Resultados

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!