empresas

Rangel entrega primeiro lote de vacinas para a Covid-19

This post is also available in: English (Inglês)

A Rangel Logistics Solutions, operador logístico com 40 anos de experiência em transporte e logística, foi enviada pelo Governo de Portugal como um dos parceiros no transporte da vacina da Covid-19.

Uma operação iniciada-se este sábado e ficou a cargo da Rangel Pharma, unidade do grupo, com mais de 10 anos de experiência sem transporte e armazenamento de medicamentos.

Estamos muito honrados e orgulhosos por fazer parte deste momento histórico, toda a equipa da Rangel está completamente envolvida e entusiasmada com esta iniciativa. Estamos a contribuir com nossa estrutura e conhecimento, para ajudar a erradicar esta pandemia de Portugal e do mundo, é uma missão para salvar vidas”, afirma Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions.

Operador logístico licenciado pelo Infarmed, uma unidade Pharma da Rangel, expediu em 2019 mais de 112 milhões de unidades de medicamentos, e entregou mais de 460 mil encomendas ao cliente final, incluindo entregas de produtos farmacêuticos que carecem de especiais específicas de conservação.

Desde que o tema “vacina” surgiu como solução para a Covid-19, e sendo a logística um fator chave de sucesso, da Rangel Pharma, iniciou de imediato um processo interno de alinhamento de equipamentos e processos. Em termos operacionais, do lado da Rangel estavam garantidas todas as condições para que esta fosse uma operação bem-colocada, ficando apenas a aguardar a aprovação da mesma, o que veio a acontecer.

Na operação de hoje, assegurou-se com sucesso, o chamado transporte capilar ou última milha, onde se recolheram como vacinas no centro definido pelo Governo, em Coimbra, e se entregaram nos maiores hospitais de Lisboa.

Foram utilizados veículos específicos para o transporte de medicamentos, com temperatura interior controlada e nos quais está incorporada uma tecnologia da Rangel que permite controlar permanentemente essa temperatura.

O esforço da Rangel Logistics Solutions para combater esta pandemia, iniciou logo em Março, devido ao papel ativo e crítico que tem na continuidade das cadeias de abastecimento, e isso obrigou a uma responsabilidade acrescida na perspetiva econômica e social.

“Trabalhamos 24h por dia para encontrar soluções no sentido de mitigar os impactos negativos do Coronavírus no transporte internacional. Além de muitos transportes que transportes de carga aérea, contratámos diretamente 8 aviões charters que chegar da China a Portugal, alguns destes aviões como é o Caso do Antonov 124 um dos maiores aviões do mundo. Transportamos ventiladores, máscaras, e todo o tipo de material de proteção individual. Depois quando chegou a Portugal houve necessidade de rececionar, triar, montar kits de vários equipamentos e distribuir pelos vários armazéns e hospitais do país”, recordou o mesmo responsável.

A unidade Pharma é o operador logístico farmaceutico líder em Portugal, com umas das maiores redes de temperatura controlada e com capacidade para continuar este esforço e manter como cadeias de abastecimento crítico em movimento durante este período sem percedentes.

“Temos o compromisso de entregar o que é importante pelo tempo que for necessário”, conclui Nuno Rangel.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!