cultura

Programa Ciência no Património Cultural abre concursos para 100 bolsas

O programa resulta de uma “parceria estratégica” nestas áreas, e visa estimular a criação de projetos de doutoramento colaborativos por instituições académicas e culturais, para reforçar o estudo de coleções e do património cultural.

A medida do Governo visa promover o emprego científico e qualificado e as atividades de ensino e investigação na área da cultura e reforçar a qualificação das equipas dos museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos, segundo o despacho.

O Programa Ciência no Património Cultural, de âmbito plurianual, estabelece como principais metas globais a abertura de procedimentos concursais para 100 bolsas de doutoramento e a abertura de procedimentos concursais para 30 contratos a celebrar com investigadores doutorados.

Prevê ainda a constituição e promoção de consórcio, a constituir entre a Direção-Geral do Património Cultural e laboratórios do Estado, unidades de I&D (investigação e desenvolvimento) e instituições do ensino superior, com o objetivo de desenvolver e dinamizar projetos e iniciativas de cooperação científica e cultural.

Determina ainda a abertura de três concursos anuais para cada uma das iniciativas, com fecho até 31 de janeiro de 2021, 2022 e 2023, a realizar e a executar pela FCT, no quadro do seu orçamento.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!