a concerto selectbanner-spotlightconcertos/músicacultura

Surrealismo a céu aberto

No sábado à noite assistimos no Castelo de São Jorge para uma noite “surrealista” pela Lisbon Poetry Orchestra (LPO), coletivo eclético que reúne músicos, poetas, jornalistas, atores, uma “torre de Babel” do mundo das artes que vão da escrita ao audiovisual.

Alexandre Cortês (baixo), Filipe Valentim (teclados), Luís Basto (saxofone e clarinete), Mário João Santos (bateria e percussão), Sérgio Costa (guitarra), André Gago, Nuno Miguel Guedes, Paula Cortes e Miguel Borges (vozes) compõem a LPO, que teve ainda como convidados Flak, Mitó e Sir Scratch.

Lisbon Poetry Orchestra > Castelo de São Jorge ©Virgílio Santos – ineews < 2022.09.17

Com lotação esgotada e num espaço emblemático a LPO percorreu o seu recém-editado trabalho, “Os Surrealistas”, que inclui poesias de Alexandre O ´Neil, António José Forte, Carlos Eurico da Costa, Fernando Lemos, Mário Cesariny, Mário-Henrique Leiria e Pedro Oom.

Ao longo do espetáculo, juntamente com os temas apresentados, foram projetadas nas muralhas-tela, as pinturas de João Alves incluídas no livro-disco.

“Ao longo da muralha que habitamos
há palavras de vida há palavras de morte
há palavras imensas que esperam por nós
e outras frágeis, que deixaram de esperar
há palavras acesas como barcos
e há palavras homens, palavras que guardam
o seu segredo e sua posição”

In “You are welcome to Elsinore”, de Mário Cesariny

Mais um excelente espectáculo no âmbito do programa Cultura na Rua da EGEAC.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!