banner-spotlightconcertos/músicaculturadestaque

Teresa Salgueiro apresentou um Natal Português

Cinema São Jorge

Realizou-se o Cinema São Jorge no âmbito da programação de Natal da EGEAC, um concerto de Natal em Português, a que Teresa Salgueiro deslumbrou uma sala cheia com musicas de Natal em português, e com a sua voz e talento inesquecíveis.

Teresa Salgueiro levou-nos neste concerto a visitar melodias de outros tempos, à nossa infância, com arranjos musicais criados especificamente para a guitarra clássica de José Peixoto, o acordeão e voz de Fábio Palma, o contrabaixo e voz de Sofia Queirós e as percussões e guitarra de Rui Lobato e claro para a voz de Teresa Salgueiro.

A cantora portuguesa Teresa Salgueiro, agradeceu a presença de todos os que se deslocaram para ver este concerto, diz ainda que nunca tinha celebrado o Natal a cantar estas musicas, maravilhosas, que se perdem na memória dos tempos, de tantas regiões do pais, são a voz e o cantar do povo português, acrescenta ainda que nunca tinha cantado no São Jorge e que foi nesta sala que viu o seu primeiro filme, “Branca de Neve e os sete anões“.

Teresa Salgueiro > Cinema São Jorge ©Luís M. Serrão – iNeews < 2021.12.19

Entre canções, assistimos a gravações de lindos poemas de Fernando Pessoa, José Régio e Natália Correia declamados magistralmente por Maria João Luís.

Teresa revela que “José embala o menino“, um dos mais bonitos, na opinião da cantora, e único, com harmonização de Eurico Carrapatoso, todos os outros temas têm harmonizações conhecidas de Fernando Lopes Graça, Mário Sampaio Ribeiro, Coroner de Vasconcelos, entre outros.

Entre os temas que Teresa Salgueiro levou ao São Jorge, Zeca Afonso também esteve presente, com três temas, “Natal dos simples“, “Menino do bairro negro” e “Mulher da erva“.

Teresa agradeceu também a dedicação, e excelência do trabalho aos músicos que a acompanharam, especialmente a José Peixoto, que já a acompanhou por tantos palcos durante os anos dos Madredeus.

Foi com “Vi o menino Jesus” de Amália Rodrigues e Carlos Gonçalves que terminou ente excelente concerto, com o publico a acompanhar, num dos momentos mais bonitos da noite, seguido por “Noite Feliz” única musica, não portuguesa.

Teresa Salgueiro > Cinema São Jorge ©Luís M. Serrão – iNeews < 2021.12.19

Teresa Salgueiro termina dizendo, “agradeço a vossa presença, é uma alegria ver esta sala com tanta gente, sei que deve ser muito complicado ver um espetáculo de mascara, mas é complicado olhar para vós e não ver, nós nunca vimos muito os rostos, e se canhar agora até se vê melhor que temos uma coisa branca que reflete a luz, de todas as formas não são bem rostos, obrigado pela vossa presença, é por vós que aqui estamos, um belíssimo natal, que seja mais uma vez, nesta altura tenho sempre a sencação que o Natal, que nesta noite o tempo se suspende, na união que nós temos, um tempo de amor, de partilha, de reflexão e nos prepararmos para as duras provações que a vida nos trás, mas também de coração aberto, acolhermos sempre as alegrias que a vida tem, e elas tão sempre no nosso lado, no mais próximo, é ai no outro, no contacto com cada um que está a maior alegria…

Com carreira com mais de três décadas, deslumbra-nos com a s sua voz, desde os 17 anos, quando intergrou o grupo Madredeus, e durante, 20 anos levou a música portuguesa, a todo o mundo, com quem gravou 9 discos de originais. Colaborou depois com artistas como José Carreras, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Carlos Núnez, Angelo Branduardi ou Zbigniew Preisner.

Tem dois discos a solo “O Horizonte” de 2016 e “O Mistério” de 2012, em que assume a produção, bem como a direcção musical e a escrita da música e letras.

Teresa Salgueiro – Concerto de Natal – Alinhamento
José embala o Menino
Tradicional

Natal de Linhares
Tradicional

Natal da Índia Portuguesa
Tradicional

Natal de Elvas
Tradicional

Olhei para o céu
Tradicional

Nasceu, já nasceu
Tradicional

Do Varão nasceu a vara
Tradicional

Pela noite de Natal
Tradicional

O Menino está dormindo
Tradicional

Sou cigana, sou cigana
Tradicional

Deus nos dê cá as Boas Festas
Tradicional

Natal dos simples
José Afonso

Vi o Menino Jesus
Amália Rodrigues/ Carlos Gonçalves

Menino do bairro negro
José Afonso

Mulher da erva
José Afonso

Noite Feliz
Tradicional

Poemas:
Natal na Província
Fernando Pessoa in ‘Poesias’

Nascença Eterna
José Régio in, ‘Obra Completa’

Em Cruz não Era Acabado
Natália Correia, in ‘O Dilúvio e a Pomba’

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!