a news selecçãociênciaportugal

Portugal destaca-se no Concurso Europeu para Jovens Cientistas

This post is also available in: English (Inglês)

Foram seis os jovens que com dois projetos representaram, este ano, Portugal no mais prestigiado Concurso Europeu de Jovens Cientistas (EUCYS 2021), que terminou ontem em Salamanca, na Espanha.

O projeto ATMOS foi distinguido com o Special Prize “JRC-Joint Research Center Prize”. Os jovens cientistas premiados irão passar dois dias nas instalações do ISPRA em Itália em Itália, na companhia de cientistas de toda a Europa, de acordo com os seus.

O JRC é o serviço de ciência e conhecimento da Comissão Europeia. Realiza investigação científica direta e fornece aconselhamento científico baseado em provas e independente aos decisores políticos europeus, ajudando-os a tomar decisões informadas.

Este projeto foi realizado por três jovens cientistas do Colégio Luso-Francês do Porto, a saber Klára Varga, Sara Couto e João Carvalho, todos com 19 anos, e orientados pela Professora Rita Rocha, foi atribuído o prémio especial do JRC.

O projeto consiste na quantificação de matéria particulada poluente, em suspensão na atmosfera, adsorvida pelas árvores. Foi desenvolvido numa das artérias de maior tráfego da cidade do Porto, na proximidade da escola, durante dois anos.

A inovação do ATMOS prendeu-se com o desenvolvimento de uma metodologia de amostragem e de cálculo alternativa à convencionalmente descrita na literatura: as árvores não são cortinas opacas e, como tal, a adsorção de poluentes faz-se por camadas, em profundidade na copa das árvores.

Assim, um método de cálculo baseado na área da superfície verde não era suficiente. Em alternativa, os jovens cientistas juntaram a geometria, à dendrologia, à biologia e à economia e criaram o que designaram como método ATMOS.

Segundo o estudo, o serviço ambiental prestado pelas corinas verdes em espaço urbano é largamente superior ao estimado até então, sendo esta solução baseada na natureza uma interessante medida a adotar em planeamento das nossas cidades.

O Concurso da União Europeia para Jovens Cientistas, mais conhecido como ‘EUCYS’, premeia e celebra o melhor jovem talento científico da Europa. Todos os anos, o evento reúne jovens cientistas promissores de toda a Europa e não só, para apresentar os seus projetos a um painel de júris internacionais.

Ao longo dos anos têm sido apresentadas algumas invenções espantosas e formas criativas de utilizar a ciência na vida quotidiana. O Concurso é um bom exemplo de uma atividade que serve não só para encorajar o interesse pela ciência, mas também para promover a troca de ideias entre os participantes do passado, expressaram frequentemente o impacto positivo deste aspeto do Concurso.

Eles acreditam que abriu a porta de entrada para a Europa e mais longe para as suas carreiras, e também fomentou um forte interesse na aprendizagem de outras línguas europeias. O Concurso é também uma ferramenta útil para o desenvolvimento de uma comunidade científica pan-europeia. Tem contribuído significativamente para a popularização da ciência entre os jovens. Este ano celebrou a sua 32ª edição.

Promovido pela Comissão Europeia, o concurso contou com a participação de 73 projetos, realizados por 108 jovens cientistas, que apresentaram a concurso projetos das mais variadas áreas da ciência como seja Biologia, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Engenharias, Física ou Ciências da Computação.

A representar Portugal estiveram duas equipas de jovens Portugueses que foram apurados a partir da 14ª Mostra Nacional de Ciência Virtual, promovida pela Fundação da Juventude, no passado mês de Novembro.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!