culturaeventosmúsica

Anna Setton lança novo álbum e anuncia digressão pela Europa

Cantora brasileira radicada em Portugal edita o leve “O Futuro é mais bonito” e fará concertos.

Acreditar no futuro não tem sido uma das tarefas mais fáceis, mas a leveza de Anna Setton no seu novo álbum “O Futuro é mais bonito”, a ser lançado no próximo dia 24, certamente, ajudará. A voz doce e afinada preenche dez faixas, incluindo os dois singles já lançados: “Saudade é Pouco” e “Sigo Dizendo Sim”. O álbum é editado mundialmente pela Galileo Music e o lançado no Brasil pelo selo Zelo, distribuído pela Alta Fonte Brasil. Anna fará a apresentação do álbum em três apresentações na FNAC (Cascais, Colombo e Chiado). Já estão marcados concertos também no Centro Cultural Belém (13 de abril), além de Paris (Studio de l’Ermitage, 18 de abril), Bruxelas (Le Baixu, 19 de abril) e Madrid (Café Berlín, 21 de abril).

Esse álbum nasceu em 2022, ano em que me mudei para Portugal. A minha vontade neste disco era de explorar esse mesmo sentido de mudança, de novidade, de novos ares que mudar de país me trouxe. Nesse sentido ele é autobiográfico. São 10 músicas no álbum, oito delas minhas com diferentes parceiros como Edu Sangirardi, João Camarero, Barro, Rodrigo Campello e Igor de Carvalho, que também assina a faixa homônima ao disco. A canção traz uma sonoridade brasileira, leve e centrada na união dos sons percussivos com batidas eletrônicas. Além desses compositores Juliano Holanda e Ed Staudinger também figuram na ficha técnica assinando ao lado de Barro Saudade é pouco, canção que iniciou o lançamento do álbum em novembro de 2022. Nas letras explorei temas cotidianos com um olhar poético. É um álbum de fé no futuro e de celebração do eterno fluxo de mudança da vida. Acho bastante emblemático também eu ter feito um álbum tão brasileiro estando fora. Passa um pouco por aquele sentimento de se reconhecer quando se está fora do seu ambiente natural. E toda essa brasilidade me instiga a querer partilhar este meu Brasil com o público português”, explicou Anna Setton.

O álbum, o terceiro da carreira da paulista, tem a assinatura dos jovens produtores pernambucanos Barro e Guilherme Assis, que já trabalharam com nomes como Lenine, Mariana Aydar, Céu e Rachel Reis.

O processo criativo do álbum ocorreu de maneira fluida e constante ao longo de 2022. Eu fui compondo as canções, Barro foi me mostrando outras e durante o ano fomos escolhendo uma a uma e pensando na melhor maneira de produzi-las. Foi um álbum que fomos tecendo aos poucos. Uma escolha levava a outra até chegarmos ao final. Desde o início a gente sabia que queria um álbum com uma modernidade nos timbres e na produção. Queríamos expandir as fronteiras da MPB mais clássica dos meus dois primeiros álbuns e trazer referências mais pops para as canções. Trabalhamos a maior parte do tempo à distância. Muitas chamadas e trocas de áudios. Sempre de maneira muito transparente e leve. Foi um processo muito bom e eu fiquei muito feliz com a maneira que conseguimos ir resolvendo tudo e como o oceano de distância não foi um problema para nós. Em setembro do ano passado, eu fui a Recife gravar. Foi muito bom estar perto do Barro e do Gui e gravar tudo conversando e chegando no ponto onde a gente queria chegar”, completou a artista.

Anna Setton já trabalhou com grandes artistas, como os brasileiros Toquinho e Mestrinho, a cubana Omara Portuondo, do Buena Vista Social Club, o japonês Sadao Watanabe, entre outros. A cantora também já se apresentou em palcos importantes do Brasil, Portugal, França, Alemanha, Inglaterra, Austrália, Coréia do Sul e Japão.

Confirme sempre junto da sala de espetáculos ou promotor as condições de acesso, confirmação da data ou horário, local de venda dos bilhetes, preço e disponibilidade.

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!