culturadesportos motorizadosmuseu

Inaugurado Museu do Grande Prémio de Macau com entradas reduzidas

Os 16 mil metros quadrados do museu, renovado entre 2017 e março deste ano, permitem atualmente a entrada máxima diária de 2.200 visitantes, mas, por agora, as autoridades estabeleceram 1.100 pessoas por dia.

O museu integra, entre outros, elementos de história, desporto e ciência, esperando-se que possa desempenhar funções de entretenimento e de aprendizagem.

Já à margem da cerimónia de inauguração, onde esteve presente o chefe do Executivo de Macau, Ho Iat Seng, e o secretário para a Economia e Finanças, Lei Wai Nong, entre outros, Helena Senna Fernandes indicou que, em maio, se registou uma descida dos visitantes no território.

Depois das obras de renovação, no montante de 479 milhões de patacas (cerca de 50 milhões de euros), o museu estende-se por quatro andares e apresenta várias instalações, jogos interativos e corridas de moto em realidade virtual (VR), além de carros e motos de pilotos famosos que participaram no Grande Prémio de Macau, como o alemão Michael Schumacher, o brasileiro Ayrton Senna ou o português Eduardo Carvalho.

Ayrton Senna é homenageado na composição de Alexandre Farto, mais conhecido como Vhils, que representa a histórica vitória do piloto brasileiro em Macau, em 1983, e inclui um retrato do piloto assim como do Ralt RT3 Toyota que conduziu para a equipa Theodore Racing.

Durante o período experimental de funcionamento, entre final de março e maio deste ano, o museu recebeu aproximadamente 12 mil visitantes.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!