culturamuseu

Município de Cantanhede vai ter Museu de Arte e Colecionismo

A Casa Municipal de Cultura de Cantanhede vai acolher o novo Museu de Arte e Colecionismo (MAC)

Em Cantanhede, entrou na fase final de execução a empreitada de reabilitação e adaptação da Casa Municipal da Cultura. Trata-se de uma intervenção de fundo que promove a integração funcional dos dois imóveis através de uma solução arquitetónica e urbanística concebida de acordo com o preconizado no Programa Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Cantanhede, visando a criação de condições para a instalação do MAC – Museu de Arte e Colecionismo, que será constituído por um valioso acervo doado ao município por Cândido Ferreira, médico e escritor natural de Febres.

Este colecionador, reconhecido nacional e internacionalmente pela qualidade e consistência das suas coleções, visitou as instalações do MAC acompanhado por Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal, Pedro Cardoso, vice-presidente da autarquia, e Fernando Batista Pereira, historiador, museólogo, professor associado da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e especialista indicado pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) para emitir parecer sobre a viabilidade e sustentabilidade da nova unidade museológica, na sequência do pedido que o município formulou para o efeito ao Ministério da Cultura.

Da visita resultou a constatação de que tudo que se encaminha para que, “antes do final do ano, seja inaugurado em Cantanhede um equipamento cultural de referência, um equipamento que reforçará significativamente a atratividade da cidade, do concelho e da região”, afirmou Helena Teodósio. Pronunciando-se sobre o curso dos trabalhos, a autarca manifestou “satisfação por poder vislumbrar já o que vai ser este projeto tão relevante, quer do ponto de vista cultural, pelo valor patrimonial do espólio do Dr. Cândido Ferreira e por todas as ações pedagógicas que poderão ser desenvolvidas em torno dele, quer ao nível da dinamização da base económica local, pois acreditamos que a afluência de visitantes a Cantanhede irá sofrer um incremento apreciável, com todos os benefícios que daí advirão para a generalidade das atividades direta ou indiretamente relacionadas com o turismo. Além disso, trata-se de uma obra marcante ao nível da valorização de uma frente urbana com expressão assinalável numa das principais zonas nobres da cidade e esse é um aspeto que certamente a população vai valorizar bastante”.

Mais info sobre o projeto aqui.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!