a news selecçãoculturaentretenimentogastronomia | receitaslifestyle

Grande final do concurso Chefe Cozinheiro do Ano disputa-se em Lisboa a 15 de abril

This post is also available in: English (Inglês)

Durante seis horas, seis chefes selecionados entre centenas de participantes vão estar à prova na FIL, no maior e mais antigo concurso nacional de cozinha para profissionais.

A grande final nacional do concurso Chefe Cozinheiro do Ano decorre no dia 15 de abril, entre as 10h e as 18h, na FIL, em Lisboa. Depois de três etapas regionais que se realizaram no Porto, em Coimbra e em Setúbal, seis concorrentes apurados entre centenas de participantes preparam-se para disputar o título de Chefe Cozinheiro do Ano.

A 31ª edição daquele que é o maior e mais antigo concurso nacional de cozinha para profissionais terá transmissão em direto nas redes sociais das Edição do Gosto, que organizam o evento, criado em 1990 pela revista Inter Magazine.

@ Filipe Vera Cruz

Cristina Fernandes (Restaurante Sála, Lisboa), Flávio Silva (Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra), Hugo Portela (Digby Restaurante & Bar, Porto), Marco Almeida (Hotel Quinta das Lágrimas, Coimbra), Tiago Lopes (Vila Foz Hotel & Spa, Porto) e Tony Martins (Jase Hotels & Resorts, Porto), terão de confecionar um menu composto por sopa, prato de peixe, prato de carne em tabuleiro e sobremesa.

As suas criações serão avaliadas pelo júri do concurso formado por Alexandre Silva (Loco), António Loureiro (A Cozinha), Henrique Sá Pessoa (Alma), Paulo Pinto, Ricardo Costa (The Yeatman) e Ricardo Luz (Vencedor da edição 30ª edição do Chefe Cozinheiro do Ano). A presidência do júri está a cargo de António Bóia, do JNcQuoi.

Em paralelo com a final nacional, decorre o “Fórum Pensar Cozinha”, um espaço de debate e de divulgação de projetos, soluções e sinergias na gastronomia nacional. Este ano, o tema em discussão será a Cozinha Colaborativa, um conceito que ganhou expressão com a pandemia de Covid-19. Este fórum terá também transmissão em direto nas redes sociais das Edição do Gosto.

@ Filipe Vera Cruz

Devido ao atual contexto de pandemia, a final do concurso Chefe Cozinheiro do Ano não terá assistência ao vivo, tal como sucedeu nas etapas regionais que se realizaram ao longo de 2020.

Criado em 1990 pela Inter Magazine, o concurso Chefe Cozinheiro do Ano já premiou nomes de referência na cozinha nacional como Henrique Sá Pessoa, João Rodrigues, Vítor Matos, António Loureiro e Luís Gaspar.

A 31ª edição conta com o patrocínio principal da Makro, da Estrella Damm e da Icel. Conta também com o patrocínio do Arroz Bom Sucesso, da Costa Verde, da Lava e da NX Hotelaria e a parceria da Bonduelle, Carne Mertolenga, Dry Ager, Gresilva, Prochef e Rational. O parceiro institucional é a Feira Internacional de Lisboa e o concurso tem ainda o apoio das Escolas do Turismo de Portugal, ACPP, Rede-T, Chaîne des Rôtisseurs e Mar Portuguez.

Follow us on social media: Instagram; Facebook; Twitter; Youtube.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!