culturamúsica

M.Ou.Co. com noite new wave e noise pop

Na próxima terça-feira, a legião de fãs dos nova-iorquinos Bodega correrá paralela aos adeptos dos madrilenos La Paloma, ambas em direção à nova sala de espetáculos do Porto.

Os norte-americanos Bodega e os espanhóis La Paloma (responsáveis pela abertura do concerto) são as propostas do M.Ou.Co., o mais recente espaço multicultural da cidade Invicta, para a noite da próxima terça-feira (12 de abril), a partir das 21h30m, na sala de espetáculos do complexo – o primeiro hotel do País com um conceito pluridisciplinar e assumidamente dirigido para o mundo musical. O evento é fruto de uma parceria com a SON Estrella Galicia.

Depois do punk algo abrasivo, irregular, na sonoridade global do álbum de estreia ‘Endless Scroll’, os Bodega – que são Ben Hozie (voz e guitarra), Nikki Belfiglio (voz), Dan Ryan (guitarra), Adam See (baixo), Tai Lee (bateria) – adquiriram, segundo muitos e bons pares de orelhas, um brilho mais new wave, que chega a ser borbulhante, com o último trabalho.

‘Broken Equipment’ é um álbum onde abundam letras espirituosas, aqui, aguçadas, ali, que vertem sentimentos sobre os aborrecimentos do mundo moderno, como a gentrificação, a publicidade ou a positividade. Ao que se ouve, e ao que se escutará na sala de concertos do M.Ou.Co., surtiu efeito o estudo dos trabalhos de uma série de filósofos, que esteve na génese do novo LP!

Os ritmos serão animados e as guitarradas marcantes, tudo a polvilhar melodias sinuosas e temas bem roqueiros, que conseguem ser mordazes, à volta da voz singular de Ben Hozie. Seja como for, o som Bodega é um som cheio de identidade, ao ponto de haver muita boa gente, conhecedora, de várias paragens, a jurar que foi a melhor coisa que ouviu ao vivo antes do lockdown pandémico ter fechado a sete chaves os concertos à escala global.

Teremos, pois, oportunidade de o comprovar na nova sala de espetáculos do Porto, para os lados do Bonfim, na mesma noite que acolherá um exemplo da nova musicalidade noise rock-noise pop que está a sair de Madrid, com La Paloma, que assegurará a abertura do espetáculo.

Nico Yubero, Lucas Sierra, Rubén Almonacid y Juan Rojo juntaram-se há apenas um ano, deram uma mão cheia de concertos em Espanha com o seu EP de estreia ‘Una idea, pero es triste‘ como cartão de visita e estão agora a furar – e a fazer furor – de país em país.

A formação chega ao Porto depois de ter tocado recentemente na Cidade do México e no Texas, no festival SXSW. E subirá ao palco do M.Ou.Co. com a sua “mistura equilibrada entre ruído e melodia” (como alguém caracterizou o estilo dos La Paloma, que gostaram da etiqueta), musicalizada com sentimentos crus, mesclados com apatia, desinteresse, nostalgia e os conflitos próprios de toda uma geração.

Os dias 9, 16, 23 e 30 do corrente mês também são jornadas de música para os lados da zona do Bonfim, mas desta feita com palco montado no Bar do M.Ou.Co., onde decorrerão vários DJ Sets, sempre às 20 horas. Em cartaz, respetivamente: DJ SET Robles, DJ SET Suspeitos, DJ SET Boy named Sue, DJ SET Von X (Carla Castelhano) e DJ SET ritmos Cholutelka.

Agenda musical do M.Ou.Co.:

• 9 de abril – DJ SET Suspeitos, 20 horas, Bar M.Ou.Co., evento gratuito

• 12 de abril – Bodega + La Paloma, by SON Estrella Galicia, 21h30m, Sala M.Ou.Co., 16,00 €

• 16 de abril – DJ SET Boy named Sue, 20 horas, Bar M.Ou.Co., evento gratuito

• 23 de abril – DJ SET Von X (Carla Castelhano), 20 horas, Bar M.Ou.Co., evento gratuito

• 30 de abril – DJ SET ritmos Cholutelka, 20 horas, Bar M.Ou.Co., evento gratuito

Siga-nos nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok e veja os nossos conteúdos exclusivos.

Please follow and like us:
Pin Share
Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!